Aprenda a navegar pela quarentena

Aprenda a navegar pela quarentena
image_pdfimage_print

Dee Caffari foi a primeira mulher a dar a volta ao mundo e a única mulher a fazer isso sem parar, três vezes. Navegando sozinha, ela viveu experiências extremas, e assim aprendeu a resistir a ambientes com pouco conforto e sem entretenimento à mão. Este post mostra as suas recomendações para quem desfruta de uma quarentena, a sua, a minha, a de todos nós. Acompanha um vídeo para você compartilhar com qualquer pessoa que estiver a dois metros de distância.

Você nunca ouviu falar de Dee Cafari?

“A solidão é boa, mas você precisa de alguém para dizer que a solidão é boa.”

– Honoré de Balzac

Dor Crônica - O Blog das Dores CrônicasAs recomendações de Dee Caffari para quem inicia um período de quarentena vão além do corriqueiro, que é controlar a dieta, se exercitar, ler toneladas de livros e praticar algum hobby. São bons apontamentos, mas a quarentena exigida pelo coronavírus exige mais do que isso para suportá-la.

Dor Crônica - O Blog das Dores CrônicasFora isso, também são diretrizes aplicáveis a quem convive com fadiga extrema, esclerose múltipla, fibromialgia, câncer e condições autoimunes (como a artrite reumatoide), que deixam o doente parcialmente ou totalmente confinado em casa.

Vejamos,

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Comunique-se:

(a primeira diretriz)

“É bom saber que as pessoas se preocupam com você, e seus amigos e familiares também querem saber se você está bem.”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Use tecnologias:

“Existem muitos meios de se comunicar hoje em dia e este é o momento perfeito para usá-los. Skype, FaceTime, redes sociais, e-mails e até telefonemas são ótimas maneiras de manter contato.”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Mantenha uma rotina:

“Longe de sua rotina diária – ir ao trabalho, escola, academia etc. – a gente fica desorientada. Convém preencher esses espaços. Com quê? Com outra rotina. Sair fazendo coisas dispersas é desalentador… Tendo um objetivo, e algo concreto a fazer, o tempo passa mais rápido.”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Informe-se bem:

“Concentre-se no que você pode controlar e pare de desperdiçar energia com coisas fora de seu controle. Se a quantidade de informações e notícias estiver gerando ansiedade, limite sua exposição a elas.”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Seja grato:

“Agradeça por estar vivo. Pare para apreciar o que tem.”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Aproveite o tempo livre que você nunca teve antes:

“Comece aquele projeto que você queria empreender. Aprenda algo novo, um software, um hobby… que exija atenção, esforço, foco…”

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Não brigue com a realidade:

“A realidade é o que se vê, apalpa, sente… aqui e agora. Aceite-a tal como ela é. Não resista a ela; isso apenas gera tristeza. Deixe a realidade ser realidade.”

E aqui, pedindo licença, vão mais duas recomendações do blog:

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Equilibre-se.

É provável que o dia-a-dia de antes da quarentena tenha deixado você estressado(a). Aproveite para se desintoxicar… identifique seus estressores. Assim, quando tudo se normalizar você já pode ter um plano para controlá-los.

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Aproveite para se encontrar com você mesmo(a).

Nesse momento, em todo o mundo, as pessoas estão tentando desesperadamente manter a sanidade em um mundo que parece quase insano. Portanto, é a hora certa de refletir, refletir, meditar e descobrir o mundo dentro de nossas próprias mentes.

VEJA O VIDEO BASEADO NESSE POST, COM VISTAS A FACILITAR A SUA DIVULGAÇÃO AGORA QUE MUITA GENTE ESTÁ CONFINADA EM CASA E PRECISANDO DE BONS MOTIVOS PARA ALI PERMANECER.

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Veja outros posts relacionados...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *