Artigos por temas

Mapas do Blog

Artigos por temas

  • Neurociência
  • Covid 19
  • Abordagem Biopsicossocial
  • Dor na Mulher
  • Idosos
  • Terapias Convencionais
  • Terapias Comportamentais
  • Sensibilização Central
  • Fibromialgia
  • Classificação, Avaliação
  • Educação em Dor
  • Dor nas Costas
  • Psicologia da Dor
  • Na Prática
  • Fundamentos
  • Outros

Artigos: Neurociência

A batalha sobre a dor no cérebro

Publicado em 02/01/2020. Autor(a/es): Diana Kwon - Afinal, existe um “centro de dor” no cérebro? Eis uma questão ainda não respondida pela neurociência. Uma neuromatriz? Uma rede de regiões cerebrais que se ativam diante de uma ameaça ao corpo? Ou há um centro gestor único da dor, seja na amígdala, no hipotálamo, na ínsula...? Às vezes, a pendência parece mais uma batalha entre dois lados ferrenhamente opostos, do que neurocientistas de ideias diferentes tentando alcançar colaborativamente algo parecido com a verdade.

Visualizar
A busca por biomarcadores de dor no cérebro humano

Publicado em 13/02/2020. Autor(a/es): André Mouraux e Gian Domenico Iannetti - Este artigo é destinado a neurologistas. Ele foi publicado há apenas um ano por uma revista científica muito respeitada (A Journal of Neurology). Profissionais da área interessados em dor certamente irão descobrir nele coisas novas. Leigos como eu já irão achá-lo “pesado”, algo indigesto. O problema é que o assunto em foco está no centro da corrida pelo alívio da dor crônica. Gostemos ou não, quem deseja aprender sobre essa dor não irá consegui-lo sem entender, primeiro, como o cérebro funciona, e como funciona este em relação àquela. Por isso, eu apresento apenas as primeiras duas seções do artigo, que podem ser digeridas, com igual proveito, por gregos e troianos. As seções seguintes, mais cabeludas, deixo para os gregos, digo os neurologistas, lerem no original em inglês.

Visualizar
A educação em neurociência pode melhorar a inibição da dor endógena?

Publicado em 07/02/2019. Autor(a/es): Jessica Van Oosterwijck - Se a sensitização do Sistema Nervoso Central (SNC) é, em parte, responsável pelas queixas persistentes de dor crônica, então as estratégias de tratamento talvez devam tentar “dessensitizar” o SNC e melhorar a modulação endógena da dor. Uma dessas estratégias é o uso da educação em neurociência da dor.

Visualizar
A memória da Dor crônica – Parte 1

Publicado em 08/09/2020. Autor(a/es): AR Mansour, M.A. Farmer, M.N. Baliki e A. Vania Apkarian - Este artigo apresenta uma tese controversa: “o psicológico” como fator causal da dor crônica, e não mero coadjuvante. Ou dito em termos mais científicos: a hipótese de que o estado dos circuitos emocionais e motivacionais do cérebro, bem como sua reorganização após um evento que incita a dor, determinam a transição para a cronicidade da dor.

Visualizar
A memória da Dor crônica – Parte 2

Publicado em 15/09/2020. Autor(a/es): AR Mansour, M.A. Farmer, M.N. Baliki e A. Vania Apkarian  - A Parte 1 deste artigo foi publicada na semana passada. Esta Parte 2 revisa brevemente a evidência científica acumulada que apoia o que aquela primeira parte postulava: “o psicológico” como fator causal da dor crônica.

Visualizar
A neurociência do mindfulness

Publicado em 27/08/2019. Autor(a/es): Dr. David Rock - A prática do mindfulness faz perceber mais informações em tempo real, o que, por sua vez, gera mais tolerância e flexibilidade ao responder ao ambiente. Você também se torna menos aprisionado pelo passado, seus hábitos, expectativas ou suposições, e mais capaz de responder aos eventos à medida que eles se desdobram. E do que você precisa para essa prática conseguir resultados à altura do que promete?

Visualizar
Diferenças individuais na experiência subjetiva da dor: novos insights sobre mecanismos e modelos

Publicado em 07/03/2019. Autor(a/es): Robert C. Coghill - As diferenças individuais na sensibilidade à dor têm permanecido por muito tempo um problema clínico desconcertante e desafiador. Como um indivíduo pode ter uma experiência sensorial que é muito diferente da de outro, mesmo quando recebeu estímulos sensoriais semelhantes? O desenvolvimento de uma compreensão dessas diferenças e dos mecanismos que as sustentam progrediu substancialmente, à medida que as descobertas psicofísicas são integradas às medidas de ativação cerebral fornecidas pelas técnicas funcionais de imagem cerebral. O contínuo delineamento desses mecanismos contribuirá substancialmente para o desenvolvimento de modelos psicofísicos / psicológicos combinados que podem ser usados para otimizar o tratamento da dor individualmente.

Visualizar
Dor Crônica: mudanças estruturais e funcionais nas estruturas cerebrais e estados afetivos negativos associados

Publicado em 18/08/2020 - A compreensão dos mecanismos de desenvolvimento da dor crônica orienta novas opções terapêuticas. Eles são o objeto deste artigo seminal. Os autores revisaram exaustivamente o conhecimento atual das áreas neurais relacionadas à dor crônica, a relação entre a dor crônica e os estados afetivos negativos, as mudanças estruturais e funcionais que ocorrem nas estruturas cerebrais durante o desenvolvimento da dor crônica e vários sistemas neurotransmissores envolvidos na transformação de uma dor em dor crônica.

Visualizar
Dor crônica: onde o corpo encontra o cérebro

Publicado em 05/09/2019. Autor(a/es): Leslie J. Crofford, MD - A dor crônica afeta e é afetada pelo “psicológico” do portador. Fornecer orientação no território emocional, comportamental, atitudinal etc., é definitivamente mais demorado do que pedir um teste ou escrever uma receita. Por isso, e por mais dezenas de outros motivos, os médicos no Brasil evitam fazê-lo. (Delegar para o psicólogo, é a praxe.) No entanto, não há tratamento para pacientes com dor crônica que faça uma diferença maior. Nesse artigo uma médica explica o porquê.

Visualizar
Minha dor, meu cérebro

Publicado em 30/07/2019. Autor(a/es): Melanie Thernstrom - Ah, se pudéssemos verificar o cérebro como se fosse um texto, ou reprogramá-lo como um computador para eliminar falhas como dor crônica, depressão e dificuldades de aprendizagem! Melanie Thernstrom, paciente crônica e participante de um projeto revolucionário da Stanford University, conta como já chegou perto, muito perto, disso.

Visualizar
Mirando em representações corticais no tratamento da dor crônica: uma revisão

Publicado em 11/04/2019. Autor(a/es): G. Lorimer Moseley e Herta Flor - As alterações que ocorrem no Sistema Nervoso Central (SNC) quando a dor persiste revelam um papel do cérebro ainda mais importante do que o esperado. De fato, quando a dor persiste, a reorganização no cérebro pode realmente contribuir para a dor crônica. O artigo apresenta uma revisão dos tratamentos da dor surgidos após essa descoberta.

Visualizar
Neuroplasticidade

Publicado em 30/05/2019. Autor(a/es): Vida Demarin, Sandra Morovic e Raphael Bene - Contrariamente ao que muitos ainda acreditam, o cérebro humano não para nunca de mudar. Nunca. Ele se adapta ao ambiente, às circunstâncias... Eis a neuroplasticidade. Nela baseados, cientistas especializados em dor aventam a possibilidade de a própria pessoa com dor criar, via pensamentos e condicionamentos repetitivos, novas vias neurais para suplantar as hoje ocupadas pela transmissão e percepção da dor. Uma espécie de autoalívio natural já atribuído ao mindfulness & Cia. que representa uma fenomenal esperança para quem sofre de dor crônica.

Visualizar
O que é mente ?

Publicado em 02/05/2019. Autor(a/es): Dra. Silvia Helena Cardoso - Se o cérebro tem explicado a mente, como explicar os eventos mentais como sendo causados pela atividade de um grande conjunto de células neuronais? Eventos mentais que, note-se, estão envolvidos na produção da dor crônica. Veja aqui o que uma neurocientista de renome tem a dizer a respeito.

Visualizar
O que é um Neurotag da dor?

Publicado em 28/10/2018. Autor(a/es): Dr. Joe Tatta - Se você nada fizer para aliviar a sua dor crônica nas costas, ela não vai ficar do jeito que está, sabia? Vai ficar cada vez pior.

Visualizar
Os 10 fundamentos de como “recabear” seu cérebro

Publicado em 04/07/2019. Autor(a/es): Debbie Hampton - O poder da plasticidade cerebral pode ajudar as mentes dos adultos a crescer. Embora certas máquinas cerebrais tendam a diminuir com a idade, há passos que as pessoas podem dar para aproveitar a plasticidade e revigorá-las. Veja aqui como, conforme um neurocientista especializado em neuroplasticidade.

Visualizar
Representações neurais e a matriz corporal cortical: implicações para a medicina esportiva e direções futuras

Publicado em 21/03/2019. Autor(a/es): Sarah B Wallwork, Valeria Bellan, Mark J Catley e G Lorimer Moseley - A neurociência da dor começa a mostrar aplicações práticas, importantes para todos os que praticam exercícios com assiduidade. Este artigo trata do aporte da teoria da matriz corporal cortical a um atleta retornando ao esporte após uma lesão.

Visualizar

Artigos: Covid 19

16 perguntas e respostas sobre o coronavírus para pacientes com doenças crônicas

Publicado em 03/04/2020. Autor(a/es): Lauren Gelman - À medida que o surto de COVID-19 continua a se espalhar, os pacientes com doenças crônicas continuam a ter perguntas exclusivas para suas necessidades de saúde – e nem sempre é fácil encontrar respostas. Este post abrange as respostas de 4 médicos especialistas a 16 perguntas sobre o coronavírus vindas de pacientes cujo sistema imunológico está comprometido. Os entrevistados respondem às perguntas da melhor maneira possível num período em que as informações estão mudando rapidamente.

Visualizar
5 condições de saúde preexistentes que podem dificultar o combate ao coronavírus

Publicado em 08/04/2020. Autor(a/es): Claire Gillespie - Se você tiver certos problemas de saúde física ou um distúrbio de saúde mental, pode ser mais suscetível ao COVID-19. Veja nesse post quais são e o que fazer em cada caso, segundo indicado por médicos.

Visualizar
A dor crônica na recuperação da Covid-19

Publicado em 30/07/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - Até o momento, muito tem se falado em doenças crônicas já existentes porque, em conjunto com a Covid-19, ameaçam de morte os que tem acima de 60 anos. E quase nada, sobre as dores crônicas que acompanham essas doenças ou que são inespecíficas ou psicossomáticas, independentemente daquelas. Pode-se antecipar uma síndrome pós-terapia intensiva que pode ter efeitos profundos na qualidade de vida dos pacientes com Covid-19 após a alta da UTI. Ela irá abranger sinais físicos, psicológicos, cognitivos e até espirituais. As dores crônicas não podem ficar de fora do esforço que vier a ser feito para tratá-la.

Visualizar
A máscara protege você? Depende. Do quê? De você – Parte 1

Publicado em 14/06/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - Há apenas 2 meses as máscaras faciais não eram recomendadas para se proteger do novo coronavírus. Atualmente vários países (ex.: Alemanha) e estados (ex.: São Paulo) tornaram o seu uso obrigatório. Fora isso, modelos matemáticos indicam que o uso maciço da proteção, combinado com medidas restritivas pontuais, impediria novo surto da doença. Uma simulação com 60 milhões de pessoas mostra que se todos usassem máscara na maior parte do tempo, não haveria segunda ou terceira onda da pandemia de coronavírus. Esta série de três posts mostra outro ângulo: máscaras faciais podem ser úteis, mas nem tanto – e utilizá-las com pleno proveito é mais difícil do que se pensa.

Visualizar
A máscara protege você? Depende. Do quê? De você – Parte 2

Publicado em 16/06/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - O uso da máscara facial por parte de uma comunidade pode protegê-la significativamente da propagação do novo coronavírus. No entanto, esse vírus é algo assim como o avião Stealth americano, que não é detectado pelo radar: invisível, veloz e mortal. Para se proteger de uma coisa dessas é preciso atentar para vários fatores. Este post põe o foco nos cinco fatores ambientais que mais influenciam a eficácia do uso da máscara facial.

Visualizar
A máscara protege você? Depende. Do quê? De você – Parte 3

Publicado em 18/06/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - O uso da máscara facial por parte de uma comunidade pode protegê-la significativamente da propagação do novo coronavírus. Não é a comunidade, porém, que veste uma máscara, mas o Pedro, a Eliana e o Joaquim. A escolha e o uso corretos da máscara facial é hoje um dos gestos mais pessoais do planeta: cada qual a veste como quer e depende de cada um fazer valer o sacrifício de usá-la o tempo todo, evitando contaminar a si mesmo e contaminar outros. Este post põe o foco nos sete fatores comportamentais que mais incidem nesse desempenho.

Visualizar
A matemática por trás do distanciamento social

Publicado em 14/04/2020. Autor(a/es): Marcos Lu - O distanciamento social, definido como medidas tomadas para reduzir o contato físico, é a primeira linha de defesa para conter uma doença infecciosa como o Covid-19. Isso ocorre porque essas infecções se espalham quando as pessoas tossem, espirram ou tocam superfícies nas quais o vírus reside.

Visualizar
Caminhos diferentes para o mesmo destino: triagem para Covid-19

Publicado em 19/05/2020. Autor(a/es): Chloe Kent - Atualmente, a reação em cadeia da polimerização (PCR) e o teste de anticorpos são as formas dominantes pelos quais os sistemas globais de saúde estão testando cidadãos para o Covid-19. Ambas as técnicas têm suas ressalvas e, à medida que a crise se desenrola, os pesquisadores estão procurando maneiras alternativas de rastrear a doença mortal. Chloe Kent, Senior Medical Features Writer britânica, analisa a ciência por trás da PCR e sorologia e quais alternativas estão começando a se apresentar.

Visualizar
Como fica o futuro para os sobreviventes da Covid-19?

Publicado em 16/07/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - Para a maioria de nós, ainda é uma incógnita o que o coronavírus pode nos causar se formos infectados e isso certamente é muito angustiante. Mas, o que dizer dos sobreviventes? Aos poucos surgem evidências de que para alguns deles a saúde vai virar uma montanha russa no futuro, se sentindo melhor um dia, e totalmente debilitados e com dores no dia seguinte. Este artigo é sobre as diversas sequelas que já é possível esperar da Covid-19.

Visualizar
Considerando o potencial para um aumento da Dor Crônica após a pandemia de Covid-19

Publicado em 25/08/2020. Autor(a/es): Clauw, Daniel J.; Häuser, Winfried; Cohen, Steven P.; Fitzcharles, Mary-Ann. - Aos poucos, ao menos para alguns, começa a ficar claro que a vida pós-Covid-19 de muita gente não será um passeio no parque. Para parte dos infectados que se curaram, serão meses de fisioterapia, remédios diários e ausência de cheiros e sabores, no intuito de se livrar de problemas pulmonares e dores musculares persistentes. Ou seja, dores crônicas. E haverá outras dores do mesmo gênero, nas áreas cardiológica, hepática, neurológica, mental... Este artigo faz um rasante pelas diversas frentes em que a saúde humana muito provavelmente será atacada pelas sequelas da Covid 19.

Visualizar
Coronavírus: o que faz com o corpo

Publicado em 16/04/2020. Autor(a/es): James Gallagher - O coronavírus surgiu em apenas dezembro do ano passado, mas o mundo já está lidando com uma pandemia do vírus e da doença que ele causa - o Covid-19. Para a maioria, a doença é leve, mas algumas pessoas morrem. Então, como o vírus está atacando o corpo, por que algumas pessoas estão sendo mortas e como é tratado?

Visualizar
Cuidado onde apóia suas mãos: o corona nas superfícies

Publicado em 19/03/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - O vírus que causa a doença de coronavírus (COVID-19) é estável por várias horas a dias em aerossóis e superfícies, de acordo com um novo estudo dos cientistas do National Institutes of Health, CDC, UCLA e da Universidade de Princeton no The New England Journal of Medicine. Os cientistas descobriram que o coronavírus 2 da síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV-2) foi detectável em aerossóis por até três horas, até quatro horas em cobre, até 24 horas em papelão e até dois a três dias em plástico e aço inoxidável. Os resultados fornecem informações importantes sobre a estabilidade do SARS-CoV-2, que causa a doença de COVID-19, e sugerem que as pessoas podem adquirir o vírus pelo ar e depois de tocar em objetos contaminados.

Visualizar
Cuidado onde apóia suas mãos: o corona nas superfícies – de novo!

Publicado em 07/04/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - O coronavírus pode viver de horas a dias em superfícies como bancadas e maçanetas. Quanto tempo dura depende do material do qual a superfície é feita e, com base nos resultados de uma pesquisa recém feita em Wuhan (China), em artigo publicado anteriormente, mencionei as principais. Ontem, no entanto, me deparei com um guia sobre o assunto postado num site sério da área da saúde. Nele, os tempos de sobrevivência do vírus nas superfícies do quadro acima aparecem mais ou menos coincidentes. Mas também outras superfícies são mencionadas e é por isso que, sob risco de parecer redundante, resolvi insistir no assunto.

Visualizar
Cuidando de pacientes com dor durante a pandemia de Covid-19

Publicado em 13/08/2020. Autor(a/es): Shanthanna, NH Strand, DA Provenzano, Lobo, S. Eldabe, A. Bhatia, J. Wegener, K. Curtis, SP Cohen e S. Narouze - Este é um material de utilidade pública, preparado especificamente para médicos e psicólogos praticantes por um painel de especialistas internacionais (EUA, Canadá, Portugal, Reino Unido e Holanda). Todos os membros do painel cuidam de pacientes com dor crônica e têm experiência e treinamento em pesquisa clínica. Após uma revisão de artigos no banco de dados Medline e com base no presente entendimento fisiopatológico da Covid-19 e possíveis implicações práticas no tratamento da dor crônica na presente pandemia, o painel formulou recomendações práticas. Este artigo as reproduz.

Visualizar
Incubação do covid 19: por que os cientistas dizem o que dizem?

Publicado em 25/03/2020. Autor(a/es): Rachel Lutz - Este artigo mostra a fundamentação dos dados sobre a incubação do Covid-19, conforme pesquisas recentes realizadas (com dados chineses e de laboratório) na Europa e nos Estados Unidos, agregando explicações sobre termos usados corriqueiramente nas publicações afins, cujo significado muitos desconhecem.

Visualizar
Manifestações neurológicas de pacientes hospitalizados com Covid 19

Publicado em 27/05/2020. Autor(a/es): Ling Mao, Huijuan Jin, Mengdie Wang, Yu Hu, Shengcai Chen, Quanwei He, Jiang Chang, Candong Hong, Yifan Zhou, David Wang, Xiaoping Miao, Yanan Li e Bo Hu - Esse vírus é uma Caixa de Pandora: um termo originado em um mito grego que hoje significa uma surpresa que acaba trazendo à tona todas as coisas ruins. Inicialmente ele parecia prejudicar apenas os pulmões, mas depois ficou claro que atinge o corpo todo. Este artigo revela uma dimensão disso: as manifestações neurológicas descobertas em pacientes da Covid 19 num hospital de Wuhan, China, onde tudo começou.

Visualizar
Médicos confundem problemas pulmonares no Covid 19

Publicado em 21/04/2020. Autor(a/es): Brenda Goodman - Para muitos, especialmente os muito idosos, recorrer a um ventilador para amenizar os efeitos do Covid 19 soa como colocar o pescoço na guilhotina. Por outro lado, até pacientes com pulmões com aparência mais normal, mas com baixo oxigênio no sangue, também podem ser especialmente vulneráveis a lesões pulmonares associadas ao ventilador, onde a pressão do ar que é forçada pelos pulmões danifica os sacos de ar que trocam oxigênio com o sangue. Em parte, o problema está nas dificuldades dos médicos ao decidir sobre a aplicação do ventilador ou sobre a sua calibragem face cada paciente, uma vez que os sinais de danificação pulmonar não são claros. Este artigo revela a opinião de especialistas sobre isso.

Visualizar
O apelo de um médico no meio de uma pandemia

Publicado em 22/05/2020. Autor(a/es): Sanjay Gupta - Um médico dirigindo-se a um paciente que poderia ser o seu país – ou vice-versa. Um exercício metafórico pungente, profundo, para ser lido e refletido com muita calma. E que embora nada prescreva em termos de uma medicação passível de ser comprada em farmácia, em termos terapêuticos no momento atual vale por uma tonelada delas.

Visualizar
O diz-que-me-diz do ibuprofeno no rastro do coronavírus. E o que você me diz?

Publicado em 27/03/2020. Autor(a/es): Julio Troncoso - O ibuprofeno é um dos fármacos mais consumidos no mundo, se não o mais consumido. O seu princípio ativo está em meia centena de remédios anti-inflamatórios. Recentemente aventou-se que ele não seria recomendável para pacientes infectados com o Covid-19. Até a Organização Mundial da Saúde entrou nessa e depois saiu rapidinho. O ibuprofeno livrou a cara, então. Será? Este artigo sugere que há razões para continuar de olho nele e nos anti-inflamatórios em geral, no contexto do Covid-19.

Visualizar
O impacto psicológico da quarentena

Publicado em 23/07/2020. Autor(a/es): Samantha K Brooks, Rebecca K Webster, Louise E Smith, Lisa Woodland, Simon Wessely, Neil Greenberg e Gideon James Rubin - A realidade da quarentena está estourando na cara de milhares, senão milhões de pessoas, absolutamente desacostumadas a ficar presas em casa mais de 2 ou 3 dias. É uma violência psicológica coletiva sem precedentes e, portanto, sem prognóstico de sucesso ou fracasso. Este artigo resume a revisão de 24 experiências de quarentenas passadas. Algumas aplicáveis ao caso do Brasil, outras nem tanto, porém todas pedagógicas. A maioria reporta efeitos psicológicos negativos, incluindo sintomas de estresse pós-traumático, confusão e raiva. Não é um bom presságio. Todavia, é o que há e convém saber disso para também oportunamente tomar medidas preventivas e paliativas a respeito.

Visualizar
Os profissionais da saúde da linha de frente e o medo da Covid 19

Publicado em 07/07/2020. Autor(a/es): Saqib Amin - No começo de junho, nos Estados Unidos, onde há estatísticas, quase 600 profissionais de saúde da linha de frente nos Estados Unidos tinham morrido por conta do Covid-19. Eu procurei dados no Brasil, e achei... nada. Enfim, na linha de frente no combate ao novo coronavírus estão médicos, enfermeiros e paramédicos, bem como funcionários cruciais de apoio à saúde, como maqueiros e zeladores de hospitais. De longe, a gente os vê se esforçar, adoecer, morrer, agradece e segue em frente. Mas o que será que sentem a respeito da situação que enfrentam todo dia? Um estudo tratou disso num país qualquer, talvez parecido com o Brasil. Este artigo resume o que foi averiguado.

Visualizar
Testes covid-19: como eles funcionam e o que está em desenvolvimento

Publicado em 15/04/2020. Autor(a/es): Alexander Edwards - Testar, testar, testar... atualmente é o mantra das autoridades sanitárias em todo mundo. Todo mundo acha que é isso mesmo, porém poucos sabem o que é um teste antiviral, muito menos as diferentes opções que existem disponíveis e qual delas seria a melhor no caso do Covid 19. Este artigo esclarece qualquer dúvida sobre isso.

Visualizar
Síndrome de Estresse COVID – Parte 1

Publicado em 16/07/2020. Autor(a/es): Steven Taylor e Gordon JG Asmundson  - Durante a atual pandemia, algumas pessoas devem ter desenvolvido uma síndrome de estresse COVID, caracterizada por medo de infecção, medo de tocar superfícies ou objetos que possam estar contaminados com o novo coronavírus, xenofobia (em relação a infecção ser provocada por asiáticos ou outros estrangeiros), paranoia relacionada a ameaça COVID e sintomas de estresse traumático (ex.: pensamentos intrusivos e pesadelos) entre outras anomalias. Escalas de Estresse COVID foram desenvolvidas para melhor entender e avaliar o que leva pacientes infectados ou não com a Covid-19, a desenvolver a síndrome antes mencionada. É o que veremos no presente post.

Visualizar

Artigos: Abordagem Biopsicossocial

A avaliação biopsicossocial

Publicado em 15/09/2018. Autor(a/es): Amarins J. Wijma, C. Paul van Wilgen, Mira Meeus e Jo Nijs - Um grupo de acadêmicos belgas e holandeses têm se notabilizado por pesquisar a aplicação do modelo médico biopsicossocial às práticas clínicas relacionadas à dor.

Visualizar
A prática médica hoje no brasil: quo vadis?

Publicado em 03/03/2020. Autor(a/es): Jaime Olavo Marquez - O “problema da saúde” no Brasil tem muitas facetas. Faltam recursos, tecnologia, remédios etc. Um neurologista com vasta experiência clínica e acadêmica mira noutra direção: o que falta é uma melhor definição do que é ser médico(a), e das melhores práticas médicas, especialmente das centradas no bem-estar do paciente. E falta, também, educação para este último, o paciente, aprender a autogerenciar, ativamente e com sensatez e paciência, a sua condição dolorosa. A meu ver, este artigo deveria ser leitura de cabeceira de todo estudante de medicina. E de muitos dos seus professores, também.

Visualizar
Diagnóstico, Gerenciamento e Classificação da Lombalgia Crônica

Publicado em 22/09/2018. Autor(a/es): Dr Peter O'Sullivan - De uma perspectiva biopsicossocial baseada em mecanismos.

Visualizar
O modelo biopsicossocial da medicina – uma boa ideia que ficou nisso

Publicado em 21/07/2020. Autor(a/es): Fava GA e Sonino N. - Há 40 anos, o psiquiatra George L. Engel, numa palestra antológica, traçou o campo do que até hoje se conhece por “modelo biopsicossocial da medicina”. Uma excelente ideia que até hoje não conseguiu decolar, em país nenhum, seja no ensino da medicina ou na prática médica. O mérito do artigo a seguir é o de apresentar vários pontos outrora mencionados por Engel à luz da prática médica atual. Julgue você se as ideias humanitárias que sustentam o modelo biopsicossocial que ele propôs têm ainda chance de se tornar realidade.

Visualizar
Ouvir é terapia: entrevistar pacientes a partir de uma perspectiva da ciência da dor

Publicado em 30/12/2018. Autor(a/es): Ina Diener, Mark Kargela e Adriaan Louw - A fisioterapia tradicional pauta-se pelo modelo biomédico convencional, o qual pouco se esmera em educar corretamente o paciente. Uma entrevista com o paciente vai além de "apenas" coletar informações. O estabelecimento de uma aliança terapêutica muito depende de como ela é conduzida.

Visualizar

Artigos: Dor na Mulher

A nossa dor é invisível, mas nós não somos

Publicado em 10/03/2020. Autor(a/es): Kristen Mascia - Este artigo contém os depoimentos de seis mulheres portadoras de doenças crônicas que estão dizendo "não mais" ao estigma e aos estereótipos existentes no ambiente médico. Elas estão assumindo o comando de seus cuidados e descobrindo o que funciona para elas, nos termos delas – uma lição para todos nós.

Visualizar
Dispensada

Publicado em 03/09/2019 - Um diagnóstico claro e preciso sobre o que causa dor persistente a uma mulher é raramente acessível a ela. Os motivos podem ser vários, alguns razoáveis e outros nem tanto. Mas o impacto na psique feminina é sempre o mesmo: desânimo, desamparo, raiva, culpa etc. Estranhamente, a questão é pouco ou nada debatida no Brasil. Esse post dá uma ideia de como ela vem sendo tratada noutras latitudes.

Visualizar
Existe viés de gênero na medicina?

Publicado em 11/02/2020 - Visões estereotipadas sobre homens e mulheres por parte dos profissionais da saúde podem influenciar a maneira em que o paciente é atendido. Um viés de gênero faz com que as mulheres recebam um nível mais baixo de atendimento do que o oferecido aos homens com problemas de saúde semelhantes. Portanto, as mulheres podem ser avaliadas, diagnosticadas, encaminhadas e tratadas de maneira diferente. E isso parece estar prejudicando a saúde das mulheres.

Visualizar
Médicos devem investigar a diferença de gênero para melhorar os cuidados de saúde da mulher

Publicado em 03/09/2020. Autor(a/es): Dra. Marcia L. Stefanick - Pesquisadores e médicos devem se aprofundar nas diferenças de gênero antes que possam oferecer melhores tratamentos às mulheres.

Visualizar
Por que os médicos estão ignorando nossa dor?

Publicado em 12/03/2020. Autor(a/es): Alana Schetzer - As mulheres esperam mais tempo pelos medicamentos, lhes são prescritas drogas menos eficazes e são desproporcionalmente informadas de que “a dor está na cabeça”. A diferença de gênero entre as dores é real e está colocando as mulheres em uma desvantagem mortal. Conheça aqui a experiência australiana, um país que tem um dos sistemas de saúde melhor preparados para lidar com a dor crônica no mundo.

Visualizar
Transtornos de ansiedade nas mulheres

Publicado em 20/02/2020. Autor(a/es): Dr. Liisa Hantsoo e Dr. C. Neill Epperson - A expectativa de vida feminina inclui épocas distintas da função hormonal, incluindo puberdade, pré-menstruação, gravidez ou pós-parto (em algumas mulheres) e a transição da menopausa. Esta revisão está estruturada para definir as principais épocas da vida feminina; fornecer um breve resumo dos principais transtornos de ansiedade, com foco na prevalência e apresentação no contexto de diferenças de sexo e em pontos da vida feminina; descrever potenciais bases biopsicossociais de transtornos de ansiedade entre mulheres; fornecer diretrizes para avaliação e diagnóstico diferencial; e descrever as opções de tratamento com atenção a eventos reprodutivos, como a gravidez.

Visualizar

Artigos: Idosos

Envelhecimento: esses 4 mitos da dor complicam o cuidado?

Publicado em 10/09/2019. Autor(a/es): Stephen Thielke, Joanna Sale e M. Carrington Reid - A dor é uma parte natural do envelhecimento? O "endurecer" torna a dor mais tolerável? Leia mais para ver o que a evidência realmente diz sobre 4 equívocos comuns sobre dor e envelhecimento.

Visualizar
Manejo da dor crônica em idosos

Publicado em 25/02/2020. Autor(a/es): M. Carrington Reid, Christopher Eccleston e Karl Pillemer - Nesse artigo, os autores, todos eles professores de medicina em universidades de ponta, propõem um Guia para os profissionais de saúde instruírem seus pacientes idosos sobre diversas abordagens de tratamento das dores crônicas de alto impacto, incluindo modalidades medicamentosas e não medicamentosas, como forma de ampliar seu “portfólio de gerenciamento da dor”.

Visualizar
Tratamento da dor persistente (crônica) em idosos – Parte 1

Publicado em 20/06/2019. Autor(a/es): Marissa C Galicia-Castillo e Dra. K Weiner - Até 50 por cento dos idosos residentes em comunidades urbanas relatam dor persistente (ou seja, crônica) que interfere nas suas funções cotidianas. Poucos médicos, geriatras inclusive, sabem como tratar a dor crônica nesse segmento da população. Este artigo apresenta apontamentos detalhados sobre o tratamento dessa dor crônica (quando não oncológica), com ênfase nas diferenças com o tratamento de adultos jovens.

Visualizar
Tratamento da dor persistente (crônica) em idosos – Parte 2

Publicado em 27/06/2019 - A Parte 2 deste artigo apresenta os Objetivos do Tratamento da dor crônica em Idosos, os Tipos de Tratamento (farmacológicos, não farmacológicos) e considerações para pacientes com Demência.

Visualizar

Artigos: Terapias Convencionais

A Osteopatia sob nova direção – Parte 1

Publicado em 10/09/2020. Autor(a/es): René Pelletier, Daniel Bourbonnais e Johanne Higgins - Distúrbios musculoesqueléticos crônicos, como dor lombar crônica, continuam sendo um desafio para os osteopatas. A razão é a mesma que explica o fracasso da prática clínica no tratamento e alívio de muitas dores crônicas: o apego a um modelo biológico da medicina. O artigo “Dor, Neuroplasticidade e Medicina Osteopática Manipulativa”, acrescenta um outro ponto de vista, o de que antes de tratar a doença é preciso tratar do paciente.

Visualizar
A Osteopatia sob nova direção – Parte 2

Publicado em 17/09/2020 - Na semana passada, publiquei a Parte 1 deste artigo “Dor, Neuroplasticidade e Medicina Osteopática Manipulativa”. Agora, a Parte 2 aborda as alterações neurofisiológicas associadas a distúrbios musculoesqueléticos crônicos e estados de dor crônica, além do papel da Medicina Osteopática Manipulativa.

Visualizar
Alguma vez haverá cura para a dor crônica?

Publicado em 19/11/2019. Autor(a/es): Sophie Elmhirst - “Pode parecer uma tortura, destruir sua vida e fazer com que você duvide de sua própria sanidade.” Assim a autora deste artigo publicado mês passado na prestigiosa revista The Economist se refere à dor crônica. Mas, pasme você, o artigo é positivo. Positivo até demais, talvez. Sophie Elmhirst nos conta sobre um achado saído de um laboratório britânico que pode erradicar a dor crônica.

Visualizar
Eletroestimulação e Alzheimer

Publicado em 16/04/2019. Autor(a/es): Kerry Benson - Semana passada a Nature Neuroscience publicou um artigo daqueles que revolucionam o conhecimento existente numa área da medicina, no caso, a doença de Alzheimer. Um outro artigo, agora da Boston University, também o comentou. Ele é reproduzido nesse blog.

Visualizar
Gerenciando a dor crônica na era do “quinto sinal vital”: perspectivas históricas e de tratamento sobre um dilema médico dos dias atuais – Parte 1

Publicado em 05/11/2019. Autor(a/es): D. Andrew Tompkins, J. Greg Hobelmann e Peggy Compton - Uma abordagem de reabilitação multidisciplinar para o tratamento da dor crônica parece ser mais eficaz em comparação com as opções de tratamento de modalidade única / profissional único tradicionais. Como se chegou a essa conclusão? Essa opção é viável? Que terapias estão envolvidas e qual o papel do profissional da saúde na sua aplicação? Este artigo, dividido em 5 partes, examina esses aspectos e outros mais. Imperdível para quem quiser realmente entender de dor crônica.

Visualizar
Gerenciando a dor crônica na era do “quinto sinal vital”: perspectivas históricas e de tratamento sobre um dilema médico dos dias atuais – Parte 2

Publicado em 12/11/2019. Autor(a/es): Andrew Tompkins, J. Greg Hobelmann e Peggy Compton - Em Outubro (2019), a Teva Pharmaceuticals, a maior fabricante de medicamentos genéricos do mundo, e três distribuidoras de medicamentos, entre as maiores empresas dos Estados Unidos, pagaram um total de US $ 260 milhões para resolver a primeira de milhares de ações judiciais de comunidades dos EUA que acusam a indústria de criar uma epidemia que já matou mais de 400.000 vidas nas últimas duas décadas e custou quase um trilhão de dólares ao contribuinte. É uma das consequências da chamada “crise dos opioides” na América do Norte, iniciada nos anos 90. Quer saber como tudo começou? Você não vai acreditar.

Visualizar
Gerenciando a dor crônica na era do “quinto sinal vital”: perspectivas históricas e de tratamento sobre um dilema médico dos dias atuais – Parte 3

Publicado em 14/11/2019. Autor(a/es): D. Andrew Tompkins, J. Greg Hobelmann e Peggy Compton - Milhões de pessoas sofrem de doenças e/ou dores de cabeça crônicas; ou estão se recuperando de cirurgias, lesões esportivas ou acidentes. Ao ano, zilhões de prescrições são escritas para analgésicos – muitos deles opioides poderosos que podem causar efeitos colaterais e levar ao vício. Mas existem muitos tratamentos não opioides disponíveis para a dor, que vão de uma simples aspirina a terapias de alta tecnologia usando ondas de rádio e sinais elétricos. É disso que esta terceira parte do artigo trata.

Visualizar
Placebo como analgesia: entendendo os mecanismos

Publicado em 27/02/2020. Autor(a/es): Zev M Medoff e Luana Colloca - Até pouco tempo atrás o placebo era considerado algo assim como o filho bastardo da farmacologia experimental, aquela focada em testes de possíveis novas drogas. Voluntários recebiam estímulos (ex.: comprimidos, injeções etc.) de verdade e de mentira. Obviamente, se uma proporção considerável dos primeiros reagisse parecido com os segundos, a droga testada era jogada no lixo – junto com dezenas de milhões investidos no invento. Obviamente, porque como é possível alguém se curar ou se sentir mais aliviado de um distúrbio físico ou mental por obra e graça de um comprimido de açúcar? Pois ocorre que isso é possível. A neurociência tem comprovado que o poder de sugestão – e de autossugestão – embora etéreo, transita pelas vias neurais como se algo real estivesse acontecendo. O placebo exerce assim formidável influência sobre o pensamento e o comportamento, e por isso hoje é considerado pela ciência da saúde como um filho pródigo e não mais um bastardo.

Visualizar
Ondas de choque e dor crônica: a terapia da vez?

Publicado em 26/02/2019. Autor(a/es): Dr. Who - A Teoria do Portão (do Controle da Dor), há meio século, abriu a porteira para diversas terapias analgésicas visando dores agudas e crônicas (ex.: Transcutaneus Electrical Nerve Stimulation – TENS). A terapia das Ondas de Choque é uma das mais recentes. Este post é o primeiro no Brasil em mostrar aos leigos para que ela serve, em que consiste e o que se pode esperar dela.

Visualizar

Artigos: Terapias Comportamentais

11 maneiras em que o tai chi pode beneficiar sua saúde

Publicado em 19/12/2019 - Alguns dos aportes à saúde do Tai Chi incluem diminuição da ansiedade e depressão e melhorias na cognição. Essa terapia do tipo mente-corpo também pode ajudar a gerenciar os sintomas de algumas doenças crônicas, como fibromialgia ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). E há vários outros benefícios. Conheça-os aqui.

Visualizar
Atenção plena para fibromialgia: considerações mecânicas e clínicas – Parte 1

Publicado em 10/12/2019. Autor(a/es): Adrienne L. Adler-Neal e Fadel Zeidan - A presente revisão delineia as evidências existentes que apoiam a eficácia e os mecanismos hipotéticos da meditação da atenção plena no tratamento de resultados relacionados à fibromialgia. Essa Primeira Parte apresenta os dois fatores da equação: os Mecanismos Fisiológicos da Fibromialgia e o Alívio da Dor Baseado no Mindfulness. A Segunda Parte, a ser postada na próxima semana, aborda como o mindfulness pode amenizar a dor da fibromialgia (ex.: efeitos de um programa “padrão” de redução de estresse com base em mindfulness de 8 semanas).

Visualizar
Atenção plena para fibromialgia: considerações mecânicas e clínicas – Parte 2

Publicado em 17/12/2019. Autor(a/es): Adrienne L. Adler-Neal e Fadel Zeidan - A Primeira Parte dessa revisão publicada na semana passada, apresentou os Mecanismos Fisiológicos da Fibromialgia e o Alívio da Dor Baseado no mindfulness. Essa Segunda Parte trata de como o mindfulness pode amenizar a dor da fibromialgia, mostrando os efeitos de um programa “padrão” de 8 semanas para redução do estresse.

Visualizar
Atenção plena? Então preste atenção!

Publicado em 19/11/2019. Autor(a/es): Michele Peres Ferreira - Nesses tempos em que o trânsito come o fígado, líderes destemperados acendem os ânimos e o dinheiro continua curto, Mindfulness surge como a bola da vez. Uma opção 100% acessível a qualquer pessoa que desejar acalmar a sua mente para viver melhor.

Visualizar
Definindo o papel da terapia cognitivo-comportamental no tratamento da dor lombar crônica: uma visão geral – Parte 1

Publicado em 09/01/2020. Autor(a/es): David A. Hanscom ,MD, Jens Ivar Brox e Ray Bunnage - Em geral a eficácia da Terapia Cognitivo Comportamental no tratamento de cada uma das variáveis que afetam a Dor Lombar Crônica é inquestionável. No entanto, isso não parece estar claro para os médicos que bem poderiam aplicá-la ou prescrevê-la mais amplamente. Este artigo, dividido em duas partes, oferece uma visão panorâmica dessa terapia no intuito de mostrar que ela está ao alcance desses profissionais, se interessados em tratar o paciente como um todo, e não apenas da sua doença.

Visualizar
Definindo o papel da terapia cognitivo-comportamental no tratamento da dor lombar crônica: uma visão geral – Parte 2

Publicado em 14/01/2020. Autor(a/es): David A. Hanscom ,MD, Jens Ivar Brox e Ray Bunnage - A Parte 1 deste artigo sobre a eficácia da Terapia Cognitivo-Comportamental foi publicada na semana passada pelo blog. Nessa Parte 2, os autores abordam cada uma das variáveis que afetam a Dor Lombar Crônica, bem como formas de implementação. Autores: David A. Hanscom ,MD, Jens Ivar Brox, Ray Bunnage O papel da terapia cognitivo-comportamental no …

Visualizar
Desconstruindo a terapia funcional cognitiva

Publicado em 17/10/2019. Autor(a/es): Chris Worsfold - Toda terapia nova é vista com receio, e com razão. Quanto mais a necessidade de conservar a saúde se faz presente, maior o número de aventureiros criativos que inventam qualquer coisa para ganhar notoriedade e dinheiro. O autor deste artigo é um crítico qualificado (do ramo), que resolveu assistir as demonstrações in vivo de como a Terapia Cognitiva Funcional, enfim, funciona. Vale a pena conhecer suas impressões.

Visualizar
Especialistas debatem se a acupuntura pode aliviar a dor crônica

Publicado em 13/08/2019 - Recentemente, o sistema de saúde britânico que é público e financia o desenvolvimento de determinadas terapias alternativas, resolveu cortar o apoio financeiro dado à homeopatia. Uma situação parecida ocorreu o ano passado com a acupuntura. Veja o debate que houve em torno disso nesse artigo.

Visualizar
Espiritualidade e religião na dor e no gerenciamento da dor – Parte 1

Publicado em 06/08/2019. Autor(a/es): Ozden Dedeli e Gulten Kaptan - Muitos fatores não fisiológicos, como os religiosos e espirituais, contribuem para a experiência e a resposta à dor. Esse artigo, um resumo do original apresentado em duas partes, mostra a sustentação científica dessa contribuição.

Visualizar
Espiritualidade e religião na dor e no gerenciamento da dor – Parte 2

Publicado em 08/08/2019. Autor(a/es): Ozden Dedeli e Gulten Kaptan - Muitos fatores não fisiológicos, como os religiosos e espirituais, contribuem para a experiência e a resposta à dor. Esse artigo, um resumo do original apresentado em duas partes (essa é a Parte 2), mostra a sustentação científica dessa contribuição.

Visualizar
Gerenciando a dor crônica na era do “quinto sinal vital”: perspectivas históricas e de tratamento sobre um dilema médico dos dias atuais – Parte 4

Publicado em 26/11/2019. Autor(a/es): D. Andrew Tompkins, J. Greg Hobelmann e Peggy Compton - A dor crônica é significativamente influenciada por fatores de todo tipo, biológicos e psicossociais. Na virada do século, a procura por soluções se concentrou na área farmacológica, porém a tragédia com opioides – na América do Norte, especialmente – e o constante aumento da prevalência da dor crônica em todo o mundo, obrigou a procurar outras alternativas. Esta Quarta Parte do artigo Gerenciando a Dor Crônica na Era do “Quinto Sinal” comenta os destaques terapêuticos na farmacoterapia, mas também na fisioterapia, nas terapias psico/temperamentais, na chamada Medicina Complementar e Alternativa, e por fim, nas intervenções invasivas.

Visualizar
Gerenciando a dor crônica na era do “quinto sinal vital”: perspectivas históricas e de tratamento sobre um dilema médico dos dias atuais – Parte 5

Publicado em 28/11/2019. Autor(a/es): D. Andrew Tompkins, J. Greg Hobelmann e Peggy Compton - O médico encarregado do primeiro atendimento é vital no gerenciamento da dor crônica. A sua responsabilidade não é gerenciá-la, e sim 1) motivar o paciente a se engajar no tratamento; e 2) reunir diversas disciplinas médicas (ex.: fisioterapia, enfermagem, osteopatia etc.) para este tratamento ser eficaz. Contudo, como os opioides não são a estratégia preferida para o tratamento da dor crônica e há uma falta de centros multidisciplinares de tratamento da dor, na prática esse profissional deve superar obstáculos monumentais se quiser desenvolver uma abordagem de tratamento multimodal para cada paciente. Eis o fulcro desta Quinta Parte do artigo Gerenciando a Dor Crônica na Era do “Quinto Sinal”, seguida das Conclusões extraídas dos autores do texto completo.

Visualizar
Terapia cognitiva funcional: Uma abordagem comportamental integrada para o tratamento direcionado da dor lombar incapacitante – Parte 1

Publicado em 01/10/2019. Autor(a/es): Peter B O'Sullivan, JP Caneiro, Mary O'Keeffe, Anne Smith, Wim Dankaerts, Kjartan Fersum e Kieran O'Sullivan - O Dr. Peter O’Sullivan não tem jeito de doutor. Parece mais com o irmão mais velho de todo mundo, aquele cara sensato, boa praça, que dá conselhos... Fisioterapeuta australiano considerado uma autoridade mundial em dor musculoesquelética, ele já tem artigos publicados nesse blog. O artigo que você vai ler a seguir é sobre uma invenção de sua autoria – a Terapia Cognitiva Funcional – uma mistura de exame clínico com avaliação psicológica, que visa resultados terapêuticos superiores aos que poderia se conseguir fazendo uma coisa ou outra. Trata-se de uma abordagem de gestão da dor lombar centrada no paciente que tem como alvo suas crenças, medos e comportamentos associados (movimento e estilo de vida). Ela capacita a pessoa a fazer exatamente as coisas que teme e/ou evita, mas de maneira descontraída e normal. Boa leitura.

Visualizar
Terapia cognitiva funcional: Uma abordagem comportamental integrada para o tratamento direcionado da dor lombar incapacitante – Parte 2

Publicado em 08/10/2019. Autor(a/es): Peter B O'Sullivan, JP Caneiro, Mary O'Keeffe, Anne Smith, Wim Dankaerts, Kjartan Fersum e Kieran O'Sullivan - Na primeira parte desse post foi apresentada uma abordagem ao alívio da dor nas costas baseada no conceito mente-corpo: a Terapia Cognitiva Funcional. Ela combina fisioterapia com psicoterapia para induzir a mente a fazer o corpo se movimentar normalmente – algo que a dor, em princípio, impede. Essa segunda parte do post destaca como ponto central da tal terapia, uma forte aliança médico-paciente, sustentada por uma abordagem motivacional e caracterizada por uma comunicação aberta, reflexiva, empática e validadora. Se você acredita nisso, continue lendo.

Visualizar
Terapia comportamental para enxaqueca crônica

Publicado em 26/12/2019. Autor(a/es): Francesca Pistoia, Simona Sacco e Antonio Carolei - As intervenções cognitivas e comportamentais podem melhorar a qualidade de vida dos pacientes, aprimorando suas estratégias de enfrentamento dos estressores psicossociais e incentivando a adesão ao tratamento. As terapias comportamentais podem ser agrupadas em 3 categorias, incluindo relaxamento, biofeedback e terapia cognitivo-comportamental. As três são comentadas nesse artigo.

Visualizar

Artigos: Sensibilização Central

A educação em neurociência pode melhorar a inibição da dor endógena?

Publicado em 07/02/2019. Autor(a/es): Jessica Van Oosterwijck - Se a sensitização do Sistema Nervoso Central (SNC) é, em parte, responsável pelas queixas persistentes de dor crônica, então as estratégias de tratamento talvez devam tentar “dessensitizar” o SNC e melhorar a modulação endógena da dor. Uma dessas estratégias é o uso da educação em neurociência da dor.

Visualizar
A inflamação crônica é um assassino silencioso

Publicado em 24/12/2019. Autor(a/es): Craig Cooper - A inflamação é um recurso do corpo para combater infecções, ferimentos e toxinas, via sistema imunológico. Se a inflamação for aguda, isso dura algumas horas ou dias. A inflamação crônica ocorre quando essa resposta permanece, deixando seu corpo em constante estado de alerta. Com o tempo, tecidos e órgãos são danificados. Passar da inflamação aguda para a crônica depende de tempo, mas também do grau de abuso. As Festas de Fim de Ano, independentemente da justificativa, oferecem uma oportunidade para isso, para abusar. Este artigo é apenas para quem quer tomar as devidas precauções. Ele fala de coisas que você já sabe, e de outras que talvez ignore, mas que você raramente leva em conta na hora da tentação.

Visualizar
Sensitização central: implicações para o diagnóstico e tratamento da dor – Clifford J. Woolf
Visualizar
Como explicar a sensitização central?

Publicado em 23/10/2018. Autor(a/es): Jo Nijs, C. Paul van Wilgen, Jessica Van Oosterwijck, Miriam van Ittersum e Mira Meeus - Você se perguntava para que servia a educação em neurociência da dor? A sua dúvida acaba aqui.

Visualizar
Dói quando você me toca! Reconhecimento e tratamento da sensitização central por fisioterapeutas.

Publicado em 12/03/2019. Autor(a/es): Jo Nijs - A sensitização central é uma condição do Sistema Nervoso Central muito associada à dor crônica. Quando ela ocorre, esse sistema adota um estado persistente de hipersensibilidade. E tudo isso seria menos interessante se a sensitização central não desse origem a uma dor neuropática muito comum, cujas causas e terapias ainda são algo desconhecidas. O autor deste artigo é pioneiro no estudo e pesquisa desse distúrbio que pode ser o seu.

Visualizar
Dor Crônica: mudanças estruturais e funcionais nas estruturas cerebrais e estados afetivos negativos associados

Publicado em 18/08/2020 - A compreensão dos mecanismos de desenvolvimento da dor crônica orienta novas opções terapêuticas. Eles são o objeto deste artigo seminal. Os autores revisaram exaustivamente o conhecimento atual das áreas neurais relacionadas à dor crônica, a relação entre a dor crônica e os estados afetivos negativos, as mudanças estruturais e funcionais que ocorrem nas estruturas cerebrais durante o desenvolvimento da dor crônica e vários sistemas neurotransmissores envolvidos na transformação de uma dor em dor crônica.

Visualizar
Modulação descendente da dor e a cronificação da dor – Parte 1

Publicado em 03/12/2019. Autor(a/es): Michael H. Ossipov, Kozo Morimura e Frank Porreca - Este artigo, dividido pelo blog em duas Partes, é um clássico na busca de uma explicação científica para a dor crônica. A tese central é o de que essa dor é produto de um desequilíbrio dos circuitos neurais envolvidos na dor. Mais precisamente, de uma disfunção na modulação descendente. O significado clínico disso, por muitos ainda desapercebido, é que assim como processos emocionais agravam a dor (até fazê-la ou mantê-la crônica), se revertidos podem aliviá-la. Essa Primeira Parte é uma espécie de preâmbulo muito robusto, abrangendo uma panorâmica da dor crônica, esforços de pesquisa visando esclarecer os mecanismos neurais, o componente afetivo da dor e o processo da dor no cérebro.

Visualizar
Modulação descendente da dor e a cronificação da dor – Parte 2

Publicado em 05/12/2019. Autor(a/es): Michael H. Ossipov, Kozo Morimura e Frank Porreca - Se você leu a Primeira Parte do artigo, já está por dentro do assunto. Nessa Segunda Parte os autores ingressam no fulcro do tema descrevendo de maneira clara e detalhada a modulação da dor descendente (ex.: regiões cerebrais que favorecem a nocicepção) e depois relacionam esse processo com a dor crônica (via desregulação descendente). Por fim tem-se as Conclusões do artigo e seus Pontos-chave.

Visualizar
O que os profissionais da saúde devem entender sobre dor e lesão

Publicado em 30/05/2019. Autor(a/es): Anoop T. Balachandran - A nova (neuro)ciência da dor chegando na academia. E francamente, já vai tarde.

Visualizar
Reconhecimento e tratamento de sensitização central em pacientes com dor crônica: não limitados a cuidados de saúde especializados

Publicado em 02/01/2019. Autor(a/es): Jo Nijs, Dorien Goubert e Kelly Ickmans - Em muitos pacientes com dor crônica, a origem clara da entrada nociceptiva está faltando ou não é grave o suficiente para explicar dor severa e outros sintomas experimentados. Em tais pacientes, a sensitização central está frequentemente presente e pode explicar o quadro clínico.

Visualizar
Sensibilização central: a chave da dor crônica

Publicado em 06/02/2020. Autor(a/es): Dr. Who - Encontre aqui (quase) tudo o que de melhor tem sido publicado em revistas científicas sobre o tema.

Visualizar
Sensitização central

Publicado em 13/01/2019. Autor(a/es): Physiopedia - Conheça uma espécie de “varredura” extremamente didática do tema – definições, diferenças com sensitização periférica, características clínicas, e como identificar e tratar.

Visualizar
Sensitização central na dor crônica

Publicado em 13/01/2019. Autor(a/es): Paul Ingraham - A dor é um sistema de alerta e a sensitização central é, portanto, uma doença de super-reação às ameaças ao organismo - um sistema de alerta hiperativo. Quando fisioterapeutas, massoterapeutas e quiropráticos tratam pacientes com dor crônica com muita intensidade, eles podem ativar esse sistema de alarme, potencialmente piorando a situação.

Visualizar
Sensitização central: tudo o que você ainda ignora sobre ela e ainda tem vergonha de perguntar

Publicado em 18/06/2019. Autor(a/es): Dr. Who - O que de melhor tem sido publicado em revistas científicas sobre Sensitização Central além de vídeos explicativos.

Visualizar

Artigos: Fibromialgia

Alguma vez haverá cura para a dor crônica?

Publicado em 19/11/2019. Autor(a/es): Sophie Elmhirst - “Pode parecer uma tortura, destruir sua vida e fazer com que você duvide de sua própria sanidade.” Assim a autora deste artigo publicado mês passado na prestigiosa revista The Economist se refere à dor crônica. Mas, pasme você, o artigo é positivo. Positivo até demais, talvez. Sophie Elmhirst nos conta sobre um achado saído de um laboratório britânico que pode erradicar a dor crônica.

Visualizar
Atenção plena para fibromialgia: considerações mecânicas e clínicas – Parte 1

Publicado em 10/12/2019. Autor(a/es): Adrienne L. Adler-Neal e Fadel Zeidan - A presente revisão delineia as evidências existentes que apoiam a eficácia e os mecanismos hipotéticos da meditação da atenção plena no tratamento de resultados relacionados à fibromialgia. Essa Primeira Parte apresenta os dois fatores da equação: os Mecanismos Fisiológicos da Fibromialgia e o Alívio da Dor Baseado no Mindfulness. A Segunda Parte, a ser postada na próxima semana, aborda como o mindfulness pode amenizar a dor da fibromialgia (ex.: efeitos de um programa “padrão” de redução de estresse com base em mindfulness de 8 semanas).

Visualizar
Atenção plena para fibromialgia: considerações mecânicas e clínicas – Parte 2

Publicado em 17/12/2019. Autor(a/es): Adrienne L. Adler-Neal e Fadel Zeidan - A Primeira Parte dessa revisão publicada na semana passada, apresentou os Mecanismos Fisiológicos da Fibromialgia e o Alívio da Dor Baseado no mindfulness. Essa Segunda Parte trata de como o mindfulness pode amenizar a dor da fibromialgia, mostrando os efeitos de um programa “padrão” de 8 semanas para redução do estresse.

Visualizar
Desafios no diagnóstico da fibromialgia: do significado dos sintomas à rotulagem da fibromialgia

Publicado em 29/08/2019. Autor(a/es): Ali Bidari, Banafsheh Ghavidel Parsa e Babak Ghalehbaghi - O diagnóstico preciso da fibromialgia (FM) pode ser indescritível. Parece que o significado dos sintomas de FM e a conceituação das queixas dos pacientes de uma maneira lógica precisam desafiar toda a experiência e discrição dos médicos praticantes. Isso significa que esses desafios diagnósticos lógicos e complexos não podem ser colocados na capacidade limitada dos critérios de FM.

Visualizar
Atualização sobre as diretrizes de tratamento na síndrome da fibromialgia com foco em farmacologia

Publicado em 29/10/2019. Autor(a/es): Sanam Kia e Ernet Choy - Apesar dos avanços no entendimento da fisiopatologia do Síndrome da Fibromialgia, o manejo farmacológico permaneceu complexo e pouco evidenciado. O que está claro é que é imperativa uma abordagem individualizada do atendimento ao paciente e que a terapia farmacológica deve ser considerada como um complemento à intervenção não farmacológica.

Visualizar
Fatos e mitos relacionados á fibromialgia – Parte 1

Publicado em 21/01/2020. Autor(a/es): Winfried Häuser e Mary-Ann Fitzcharles - Você suspeita padecer de fibromialgia? Você dificilmente vai tirar a dúvida se simplesmente delegar a resposta a um médico. Gostemos ou não, por enquanto essa doença é inexplicável, persistente e sem tratamento certo. Então o paciente está obrigado a penetrar no que se sabe dela até o momento. Não para substituir o médico, mas para ajudá-lo no diagnóstico e tratamento.

Visualizar
Fatos e mitos relacionados á fibromialgia – Parte 2

Publicado em 28/01/2020. Autor(a/es): Winfried Häuser e Mary-Ann Fitzcharles - A fibromialgia ainda é uma doença inexplicável, persistente e sem tratamento certo. Após a publicação da Parte 1 deste artigo falando sobre os Sintomas, essa Parte 2 fala sobre os Critérios para o Diagnóstico.

Visualizar
Fatos e mitos relacionados á fibromialgia – Parte 3

Publicado em 04/02/2020. Autor(a/es): Winfried Häuser e Mary-Ann Fitzcharles - A fibromialgia ainda é uma doença inexplicável, persistente e sem tratamento certo. Após a publicação da Parte 1 deste artigo falando sobre os Sintomas, a Parte 2 sobre os Critérios para o Diagnóstico, leia agora a Parte 3, e última, sobre como enfrentar a doença para preservar a qualidade de vida.

Visualizar
Terapia de exercício para a Fibromialgia

Publicado em 27/08/2020. Autor(a/es): Angela J. Busch, Sandra C. Webber, Mary Brachaniec, Julia Bidonde, Vanina Dal Bello-Haas, Adrienne D. Danyliw, Tom J. Overend, Rachel S. Richards, Anuradha Sawant e Candice L. Schachter - Este artigo revisa os efeitos do exercício e da atividade física para indivíduos com fibromialgia, resumindo revisões recentes e descrevendo novos avanços na pesquisa relacionados a regimes de exercícios progressivos (intervenções aeróbicas, de fortalecimento e flexibilidade), programas de atividade física de estilo de vida mais geral (ou seja, autoprogramas selecionados, individualizados) e outras formas de atividade física recentemente aplicadas à fibromialgia (por exemplo, tai chi, ioga, Pilates e caminhada nórdica).

Visualizar

Artigos: Classificação, Avaliação

A escala de catastrofismo relacionado a dor

Publicado em 09/07/2019. Autor(a/es): Michael JL Sullivan - A passagem da dor aguda para dor crônica já foi muito bem comentada no blog com o artigo Dor muscular, modelo de evitação do medo. Ele não é de todo comum – 1,5 em 10 pacientes – porém, como quase toda a humanidade tem dor aguda uma ou mais vezes na vida, faça as contas: o risco de "pegar" dor crônica ameaça muita gente. Inclusive você. Porém, como medir esse risco. Há um instrumento para isso chamado A Escala de Catastrofismo da Dor (The Pain Catastrophyzing Scale). A sua construção, enquanto instrumento de avaliação da tendência de uma pessoa ao catastrofismo relacionado à dor que sente, é apresentada nesse artigo.

Visualizar
Avaliação da dor crônica: domínios, métodos e mecanismos – Parte 1

Publicado em 23/01/2020. Autor(a/es): Roger B. Fillingim, John D. Loeser, Ralf Baron e Robert R. Edwards - Dentre os quatro pesquisadores que assinam o artigo a seguir, RB Fillingim é o de maior destaque. Curto e grosso, o negócio do Fillingim é DOR. Professor e pesquisador no Department of Community Dentistry and Behavioral Science, University of Florida, ele se destacou nos anos 90 pela sua pesquisa no abuso infantil associado à percepção da dor. Depois, em como mulheres e homens, assim como diferentes grupos étnicos e raciais experimentam a dor de maneira diferente. Atualmente investiga fatores de risco para o desenvolvimento de dor orofacial.

Visualizar
Avaliação da dor crônica: domínios, métodos e mecanismos – Parte 2

Publicado em 30/01/2020. Autor(a/es): Roger B. Fillingim, John D. Loeser, Ralf Baron e Robert R. Edwards - A Parte 1 deste artigo sobre a avaliação da dor crônica foi publicada na semana passada. Nesta Parte 2, conheça os métodos para avaliação dos mecanismos da dor, bem como as conclusões e recomendações.

Visualizar
Avaliação de pacientes com dor crônica

Publicado em 26/03/2019. Autor(a/es): E.J. Dansie e D.C. Turk - O tratamento bem-sucedido de pacientes com dor crônica só pode ser realizado se os esforços de avaliação se concentrarem no paciente como um todo, não apenas na sua patologia orgânica. Neste artigo, de autoria de pesquisadores de renome no campo da dor, foi possível destacar os componentes dessa avaliação.

Visualizar
Interpretando o significado dos escores de gravidade da dor – Parte 1

Publicado em 17/09/2019. Autor(a/es): Marilyn J Hodgins - Medir a dor de um paciente é uma das partes obrigatórias, embora não a mais essencial, na sua avaliação primária. Existem várias diferentes maneiras de se fazer isso e nenhuma é plenamente satisfatória. Este artigo expõe esse problema com muita competência e acuidade. Na sua primeira parte ele trata de: a Natureza da Dor, a Medição e Interpretação da Dor e a Confiabilidade e Validade das Medidas de Dor. A segunda parte examina a Interpretação e Significado dos Pontos de Dor, a Configuração de Objetivos e o Gerenciamento Eficaz da Dor, e as Conclusões.

Visualizar
Interpretando o significado dos escores de gravidade da dor – Parte 2

Publicado em 24/09/2019. Autor(a/es): Marilyn J Hodgins - Recentemente, publicamos a primeira parte deste artigo sobre a dificuldade em medir a dor de um paciente. “Se você não pode medir, não pode avaliar”, lembra disso? Porém, a dor é estranha, viaja, flutua, agride... é difícil de medir. Continue vendo aqui como a linha de frente da medicina – a enfermagem – aborda o problema. Essa segunda parte examina a Interpretação e Significado dos Pontos de Dor, a Configuração de Objetivos e o Gerenciamento Eficaz da Dor, e as Conclusões do artigo todo.

Visualizar
Nova classificação da dor crônica

Publicado em 22/10/2019. Autor(a/es): Rolf-Detlef Treede, Winfried Rief, Antonia Barke, Qasim Aziz, Michael I. Bennett, Rafael Benoliel, Milton Cohen, Stefan Evers, Nanna B. Finnerup, Michael B. First, Maria Adele Giamberardino, Stein Kaasa, Eva Kosek, Patricia Lavand’homme, Michael Nicholas, Serge Perrot, Joachim Scholz, Stephan Schug, Blair H. Smith, Peter Svensson, Johan W.S. Vlaeyen e Shuu-Jiun Wang - Para você, paciente ou mesmo profissional da saúde, na prática talvez importe pouco saber se é dor crônica ou dor psicogênica, ou ambas. Afinal, dor é dor. Porém, dor crônica e dor psicogênica são duas condições distintas e merecem tratamentos também distintos.

Visualizar

Artigos: Educação em Dor

A aplicação clínica da educação em dor

Publicado em 29/01/2019. Autor(a/es): Adriaan Louw, Kory Zimney, Christine O’Hotto e Sandra Hilton - O estandarte da International Association for the Study of Pain em 2018 foi o da Educação em Dor. O artigo descreve sistematicamente – e de maneira muito prática – seus principais elementos, incluindo exame, conteúdo educacional e métodos de entrega, a fusão dela com o movimento (atividade física), e o estabelecimento de metas e progressão.

Visualizar
A educação em neurociência pode melhorar a inibição da dor endógena?

Publicado em 07/02/2019. Autor(a/es): Jessica Van Oosterwijck - Se a sensitização do Sistema Nervoso Central (SNC) é, em parte, responsável pelas queixas persistentes de dor crônica, então as estratégias de tratamento talvez devam tentar “dessensitizar” o SNC e melhorar a modulação endógena da dor. Uma dessas estratégias é o uso da educação em neurociência da dor.

Visualizar
Desvendando barreiras para reconceitualização do problema na dor crônica

Publicado em 31/01/2019. Autor(a/es): Lorimer Moseley - Graças à neurociência hoje a dor e seu gerenciamento deveriam ser entendidos de maneira diferente a como era pouco tempo atrás. Este artigo averigua se isso é realidade.

Visualizar
Ensinando as pessoas sobre a dor: por que nós continuamos evitando o ponto central? *

Publicado em 31/12/2019. Autor(a/es): Lorimer Moseley - Admitimos a complexidade do cérebro e sua influência fundamental em tudo aquilo que experimentamos. A menos, claro, que estejamos falando de dor.

Visualizar
Entenda porque com humor dói menos

Publicado em 07/01/2020. Autor(a/es): Dr. Who - Meses atrás inclui 7 cartuns no espaço do blog chamado Galeria, que hospeda imagens e textos pelos quais um profissional da saúde pode educar seu paciente na dor e seu gerenciamento. Agora há outras duas iniciativas recém implantadas: 4 ebooks, cada um contendo 30 cartuns sobre temas relacionados ao cotidiano de um paciente com dor, e que serão agregados progressivamente ao blog. Veja o ebook 1 clicando aqui, e o ebook 2, fresquinho, publicado nesta semana. E também um cartum ou uma tira cômica quinzenal a ser postada na home do blog. E como nada cai do céu, veja a seguir as minhas razões.

Visualizar
Melhorando o gerenciamento da dor no nível da educação em enfermagem

Publicado em 02/04/2019. Autor(a/es): Jessica Latchman - Enfermeiro(a)s estão na linha de frente do gerenciamento da dor, todo dia. Este artigo mostra um estudo medindo os conhecimentos e atitudes em relação a isso, o gerenciamento da dor, por parte de estudantes, técnicos e assistentes de enfermagem.

Visualizar
O que você não sabe sobre a dor pode estar piorando você!

Publicado em 24/10/2019. Autor(a/es): Zach Getz - Processo Nociceptivo. Não assuste com o nome que inventaram para o “processo da dor”. Saber como a dor se forma e é percebida pelo nosso sistema nervoso é fundamental para saber como enfrentá-la. Esse artigo descreve isso de forma clara e precisa, além de amena. 

Visualizar

Artigos: Dor nas Costas

10 lições extraídas de “Libere-se da dor nas costas”, do Dr. John Sarno – Parte 1

Publicado em 28/03/2019. Autor(a/es): Brenda Wille - “A dor física não tem necessariamente (apenas) causas físicas.”. “Emoções reprimidas podem causar dor física”. “Crescer e expandir continuamente nossa consciência é um componente fundamental de qualquer jornada de cura”. Lições como essas livraram muitas pessoas de uma condição de dor crônica não específica, que achavam irremediável. E não são as únicas. Veja mais sete aqui.

Visualizar
10 lições extraídas de “Libere-se da dor nas costas”, do Dr. John Sarno – Parte 2

Publicado em 04/04/2019. Autor(a/es): Brenda Wille - Na primeira parte desse artigo, foram vistas cinco lições que a autora Brenda Willer diz ter extraído de sua leitura. Agora, conheça as outras cinco.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 2

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - “A dor é uma opinião sobre o estado de saúde do organismo, em vez de uma mera resposta reflexiva a uma lesão”. A frase do afamado neurocientista V.S. Ramachandran, criador da Terapia da Imagem, soa hermética, porém resume a recente reviravolta no conhecimento da dor.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 3

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A percepção equivocada da dor nos tempos antigos (1630...) e não tão antigos (...2019).

Visualizar
A dor é estranha – Parte 4

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Explain Pain e as razões pelas quais deve-se trocar o termo “mensagens de dor” (que vão do local da lesão até o cérebro) por “MENSAGENS DE PERIGO”.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 5

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - O cérebro controla a dor, e será que nós podemos controlar o cérebro para assim aliviar a dor?

Visualizar
A dor é estranha – Parte 6

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Como convencer as pessoas que a dor vem do cérebro e não dos tecidos lesionados do corpo? Isso é vital porque enquanto elas estiverem convictas de que a dor emana de tecidos feridos e não do cérebro, a solução procurada será sempre repouso e analgésicos.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 7

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Afinal, para que serve a um paciente com dor se informar e aprender sobre o que está acontecendo com ele nesse particular: a dor?

Visualizar
A dor é estranha – Parte 8

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A neurociência comprova que dor não é igual a dano. Você pode ganhar um bofetão de uma moça em privado ou em público, num dia de inverno ou de verão, e a moça pode ser uma desconhecida ou a mãe de seus filhos... e tudo isso influencia a intensidade da dor que você sente. Ou seja, a dor pode ficar desconectada da realidade física e psicológica.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 9

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A dor crônica sem causa específica é muito comum e as causas aventadas para explicá-la são incompreensíveis para o paciente típico (Genes, sensitização central...). Precisamos simplificar. O que é? Um meio simples, rápido e barato de os profissionais da saúde se valerem da internet para educar seus pacientes sobre a dor em geral, e a dor crônica especialmente, motivando-os a participar ativamente no seu controle.

Visualizar
Avaliação de pacientes com dor crônica

Publicado em 26/03/2019. Autor(a/es): E.J. Dansie e D.C. Turk - O tratamento bem-sucedido de pacientes com dor crônica só pode ser realizado se os esforços de avaliação se concentrarem no paciente como um todo, não apenas na sua patologia orgânica. Neste artigo, de autoria de pesquisadores de renome no campo da dor, foi possível destacar os componentes dessa avaliação.

Visualizar
Diagnóstico e tratamento da dor lombar

Publicado em 31/10/2019. Autor(a/es): BW Koes, M W van Tulder e S Thomas - O manejo diagnóstico e terapêutico de pacientes com dor lombar tem sido caracterizado por considerável variação dentro e entre países, e entre clínicos gerais, médicos especialistas e outros profissionais de saúde – provavelmente com algum prejuízo para os pacientes. Este artigo procura diminuí-la fornecendo informações e diretrizes de alcance universal.

Visualizar
Diagnóstico, Gerenciamento e Classificação da Lombalgia Crônica

Publicado em 22/09/2018. Autor(a/es): Dr Peter O'Sullivan - De uma perspectiva biopsicossocial baseada em mecanismos.

Visualizar
Dor lombar não específica

Publicado em 21/02/2019. Autor(a/es): Jean-François Chenot (Prof. Dr. med.), Bernhard Greitemann (Prof. Dr. med.), Bernd Kladny (Prof. Dr. med.), Frank Petzke (Prof. Dr. med.), Michael Pfingsten (Prof Dr. Dipl.-Psych), Susanne Gabriele Schorr (Dr. rer. nat.) e grupo de desenvolvimento de diretrizes para cuidados para dor nas costas não específica - A dor lombar não específica tem conotações epidêmicas em países desenvolvidos tais como EUA, Reino Unido, Alemanha, Austrália... e provavelmente também no Brasil. Em 1997, na Alemanha, diversas entidades médicas (ex.: Associação Médica Federal - BÄK, Associação Nacional de Médicos Estatutários de Seguro de Saúde - KBV, Associação de Sociedades Médicas Científicas - AWMF), se uniram na publicação de um guia médico prático sobre o tema: o German Disease Management Guideline. Esse documento, muito minucioso, foi atualizado em agosto de 2017. Ele contém muitos novos elementos. Entre outras coisas, os fatores psicossociais e relacionados ao local de trabalho recebem mais ênfase, vários procedimentos de imagem são desencorajados e recomenda-se uma avaliação multidisciplinar precoce.

Visualizar
Mecanismos da dor lombar: um guia para diagnóstico e terapia

Publicado em 24/12/2019. Autor(a/es): Massimo Allegri, Silvana Montella, Fabiana Salici, Adriana Valente, Maurizio Marchesini, Christian Compagnone, Marco Baciarello, Maria Elena Manferdini e Guido Fanelli - A dor lombar crônica em adultos aumentou muito na última década e continua a aumentar graças ao envelhecimento da população, afetando homens e mulheres em todos os grupos étnicos, com impacto na qualidade de vida, na capacidade funcional e nas atividades ocupacionais. Este artigo ajuda a identificar geradores de dor através de uma cuidadosa descrição anatômica, direcionando assim os médicos para o diagnóstico e a abordagem terapêutica corretas. Interessado?

Visualizar
Quando se preocupar com dor lombar – Parte 1

Publicado em 23/04/2019. Autor(a/es): Paul Ingraham - A dor lombar, dor na parte inferior das costas, atinge um terço da humanidade – o Brasil ali incluído. Quando ela ocorre pela primeira vez, costuma gerar algum estresse. Ao desconforto soma-se a ansiedade, que amplifica o desconforto, que gera mais ansiedade... e com o tempo, lá vamos nós na direção da dor crônica. Esse ciclo precisa ser interrompido. Como? Com informação, antes de mais nada.

Visualizar
Quando se preocupar com dor lombar – Parte 2

Publicado em 30/04/2019. Autor(a/es): Paul Ingraham - A Parte I desse artigo apresentou as piores causas possíveis de dor nas costas e suas principais características. E também os dois principais sintomas com os quais realmente convém se preocupar. Nessa Parte II são apresentados os Três Grandes sinais que convidam a investigar uma dor lombar persistente (mas que ainda não é uma emergência), assim como todas as bandeiras vermelhas sugerindo possíveis causas.

Visualizar
Transição da lombalgia aguda para crônica: uma perspectiva biopsicossocial

Publicado em 07/01/2019. Autor(a/es): Frank Donnoli e Michael Azari - A dor lombar (lombalgia) é a condição musculoesquelética mais cara e mais comum em países industrializados. É necessário estudar os fatores que levam à cronicidade e os preditores clínicos que podem ser usados ​​para alertar os médicos contra a condição se tornar crônica. Este artigo explora esses preditores, bem como as crenças e percepções dos profissionais sobre esses fatores.

Visualizar
Um guia abrangente para a nova ciência do tratamento da dor lombar – Parte 1

Publicado em 02/11/2018. Autor(a/es): Julia Belluz - Uma revisão recente de 80 estudos sobre a dor lombar diz quais tratamentos funcionam e quais, além de não funcionar, podem deixar você sem função.

Visualizar
Um guia abrangente para a nova ciência do tratamento da dor lombar – Parte 2

Publicado em 12/11/2018. Autor(a/es): Julia Belluz - Qual o tipo de terapia física recomendada para a rehabilitação da dor nas costas, segundo o enfoque biopsicossocial? Existe uma melhor opção?

Visualizar

Artigos: Psicologia da Dor

A dor está na sua cabeça?

Publicado em 28/10/2018. Autor(a/es): Dr. John Sarno - Qual é o perpetrador de dor Número 1? Uma hérnia de disco? Uma enxaqueca? Errado. É o jeito que você é.

Visualizar
Depressão comórbida e sintomas de ansiedade em pacientes com dor crônica e seu impacto na qualidade de vida relacionada à saúde

Publicado em 15/10/2019. Autor(a/es): Martha MC Castro, Lucas C. Quarantini, Carla Daltro, Milke Pires-Caldas, Karestan C. Koenen, Durval Campos Kraychete e Irismar R. de Oliveira - Depressão na Bahia de Todos os Santos já é algo que, por si só, chama a atenção. Porém, a pesquisa que este artigo apresenta chama a atenção pela elegância com que foi planejada e feita. Uma aula para quem quiser viabilizar uma tese de doutorado ou um bom artigo numa pesquisa de campo usando dados de pacientes de um hospital universitário. Ah, e os resultados também interessam. Afinal, distúrbios mentais estão associados a dor crônica? Veja aqui o que os baianos têm a dizer.

Visualizar
Dor crônica e depressão: resolvendo tipos de transtornos do humor

Publicado em 03/10/2019. Autor(a/es): Michael R. Clark - Dor crônica e depressão geralmente aparecem de mãos dadas. Ao lidar com pacientes com dor e depressão refratárias ou crônicas, é importante identificar os tipos de depressão para tratar adequadamente ambos. Nestes casos, o papel do psiquiatra é fundamental.

Visualizar
Dor muscular, modelo de evitação do medo

Publicado em 28/10/2018. Autor(a/es): Goubert, L., Crombez, G., &Vlaeyen, J.W.S. - Pior do que a dor é o medo da dor. Veja por que - e veja também como sair dessa.

Visualizar
Existe uma coisa como a dor psicológica? E por que isso importa?

Publicado em 17/12/2018. Autor(a/es): David Biro - As pessoas reportam dor por razões estritamente psicológicas, admite a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP, 2007). Mas, apesar da concessão, a IASP não abre espaço em seus esquemas de classificação de distúrbios da dor para a dor vivida ao se perder um ser querido.

Visualizar
Impacto dos fatores psicológicos na experiência da dor

Publicado em 25/04/2019. Autor(a/es): Steven J. Linton e William S. Shaw - Até o momento, tem havido amplo reconhecimento da importância de uma visão biopsicossocial da dor, mas falta de clareza sobre como os fatores psicológicos realmente se encaixam. Como a psicologia pode ser utilizada para melhorar o cuidado à saúde?

Visualizar
Terapia cognitiva funcional: Uma abordagem comportamental integrada para o tratamento direcionado da dor lombar incapacitante – Parte 1

Publicado em 01/10/2019. Autor(a/es): Peter B O'Sullivan, JP Caneiro, Mary O'Keeffe, Anne Smith, Wim Dankaerts, Kjartan Fersum e Kieran O'Sullivan - O Dr. Peter O’Sullivan não tem jeito de doutor. Parece mais com o irmão mais velho de todo mundo, aquele cara sensato, boa praça, que dá conselhos... Fisioterapeuta australiano considerado uma autoridade mundial em dor musculoesquelética, ele já tem artigos publicados nesse blog. O artigo que você vai ler a seguir é sobre uma invenção de sua autoria – a Terapia Cognitiva Funcional – uma mistura de exame clínico com avaliação psicológica, que visa resultados terapêuticos superiores aos que poderia se conseguir fazendo uma coisa ou outra. Trata-se de uma abordagem de gestão da dor lombar centrada no paciente que tem como alvo suas crenças, medos e comportamentos associados (movimento e estilo de vida). Ela capacita a pessoa a fazer exatamente as coisas que teme e/ou evita, mas de maneira descontraída e normal. Boa leitura.

Visualizar
Terapia cognitiva funcional: Uma abordagem comportamental integrada para o tratamento direcionado da dor lombar incapacitante – Parte 2

Publicado em 08/10/2019. Autor(a/es): Peter B O'Sullivan, JP Caneiro, Mary O'Keeffe, Anne Smith, Wim Dankaerts, Kjartan Fersum e Kieran O'Sullivan - Na primeira parte desse post foi apresentada uma abordagem ao alívio da dor nas costas baseada no conceito mente-corpo: a Terapia Cognitiva Funcional. Ela combina fisioterapia com psicoterapia para induzir a mente a fazer o corpo se movimentar normalmente – algo que a dor, em princípio, impede. Essa segunda parte do post destaca como ponto central da tal terapia, uma forte aliança médico-paciente, sustentada por uma abordagem motivacional e caracterizada por uma comunicação aberta, reflexiva, empática e validadora. Se você acredita nisso, continue lendo.

Visualizar
Terapia comportamental para enxaqueca crônica

Publicado em 26/12/2019. Autor(a/es): Francesca Pistoia, Simona Sacco e Antonio Carolei - As intervenções cognitivas e comportamentais podem melhorar a qualidade de vida dos pacientes, aprimorando suas estratégias de enfrentamento dos estressores psicossociais e incentivando a adesão ao tratamento. As terapias comportamentais podem ser agrupadas em 3 categorias, incluindo relaxamento, biofeedback e terapia cognitivo-comportamental. As três são comentadas nesse artigo.

Visualizar

Artigos: Na Prática

As orientações práticas dos médicos e pacientes: o efeito da congruência médico-paciente na satisfação

Publicado em 30/12/2018. Autor(a/es): Edward Krupat, Susan L. Rosenkranz, Carter M. Yeager, Dr. Karen Barnard, Dr. Samuel M. Putnam e Dr. Thomas S. Inui - Uma boa comunicação humana entre médico-paciente é fundamental para o sucesso do tratamento da dor crônica. Porém, de que ela depende? Do estilo de comunicação do médico? Do paciente? Ou da congruência entre ambos estilos? 

Visualizar
Entrevista com o Dr. Schechter sobre medicina mente-corpo

Publicado em 19/02/2019. Autor(a/es): Dr. Schechter - Nos últimos anos, um grupo de médicos têm se desgarrado do aglomerado convencional. Uns seguem a linha da Medicina Integrativa, outros falam em "holística", e ainda tem os que afirmam que a dor crônica, quando não específica, resulta de material tóxico armazenado na consciência. O denominador comum deles é o conceito Mente-Corpo. O Dr. Schechter é um deles e aqui conta como põe isso em prática na sua consulta.

Visualizar
Integrando o manejo da dor na prática clínica – Parte 1

Publicado em 15/08/2019. Autor(a/es): Robert N. Jamison e Robert R. Edwards - Boa parte, se não a maioria, dos que marcam consulta médica o fazem porque sentem dor. No entanto, nem o que é dor, nem como aliviá-la, é ensinado nas faculdades de medicina, no Brasil. Um paradoxo e tanto, não é mesmo? Este artigo (dividido em 3 partes) detalha pari passu as numerosas contribuições que o gerenciamento da dor poderia dar ao bem-estar dos pacientes, na linha de frente clínica. A profissão dos autores, porém, é um outro paradoxo: eles são psicólogos e não médicos.

Visualizar
Integrando o manejo da dor na prática clínica – Parte 2

Publicado em 20/08/2019. Autor(a/es): Robert N. Jamison e Robert R. Edwards - Esta é a segunda parte de um artigo detalhando pari passu as numerosas contribuições que o gerenciamento da dor poderia dar ao bem-estar dos pacientes, na linha de frente clínica. Nele estão comentados aspectos tais como a avaliação da intensidade da dor – medidas e congruência entre as avaliações de dor dos pacientes e dos profissionais de saúde –, avaliações de estado de humor e personalidade vis-à-vis a dor; a percepção da dor, as crenças sobre a dor e os mecanismos de enfrentamento da dor, e por fim o monitoramento de medicação para a dor e seus efeitos adversos.

Visualizar
Integrando o manejo da dor na prática clínica – Parte 3

Publicado em 22/08/2019. Autor(a/es): Robert N. Jamison e Robert R. Edwards - Esta é a Parte 3, e última, de um artigo que detalha pari passu as numerosas contribuições do gerenciamento da dor para o bem-estar dos pacientes, na linha de frente clínica. Nela, estão comentadas as Estratégias de Gestão Médica e Comportamental, as Intervenções Psicológicas para Dor, as Questões Psiquiátricas e de Abuso de Substâncias, além de Direções Futuras.

Visualizar
O ciclo esperança – Decepção na dor crônica

Publicado em 13/06/2019 - Você já acordou de manhã com uma dor nas costas que demorou meses em passar, até um dia sumir... e reaparecer semanas depois? Isso é como perder o bilhete premiado da MegaSena. Veteranos nessa desafortunada experiência podem aconselhar você, e evitar que a sua frustração gere raiva, desânimo e imobilismo, os quais só fazem a dor piorar. Esse artigo mostra um exemplo disso.

Visualizar

Artigos: Fundamentos

10 lições extraídas de “Libere-se da dor nas costas”, do Dr. John Sarno – Parte 1

Publicado em 28/03/2019. Autor(a/es): Brenda Wille - “A dor física não tem necessariamente (apenas) causas físicas.”. “Emoções reprimidas podem causar dor física”. “Crescer e expandir continuamente nossa consciência é um componente fundamental de qualquer jornada de cura”. Lições como essas livraram muitas pessoas de uma condição de dor crônica não específica, que achavam irremediável. E não são as únicas. Veja mais sete aqui.

Visualizar
10 lições extraídas de “Libere-se da dor nas costas”, do Dr. John Sarno – Parte 2

Publicado em 04/04/2019. Autor(a/es): Brenda Wille - Na primeira parte desse artigo, foram vistas cinco lições que a autora Brenda Willer diz ter extraído de sua leitura. Agora, conheça as outras cinco.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 1

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - As revistas científicas vivem noticiando novas descobertas sobre dor – algumas inusitadas. Dor não é igual a dano – não é a pele, mas o cérebro, quem diz se uma facada irá doer muito ou pouco.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 2

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - “A dor é uma opinião sobre o estado de saúde do organismo, em vez de uma mera resposta reflexiva a uma lesão”. A frase do afamado neurocientista V.S. Ramachandran, criador da Terapia da Imagem, soa hermética, porém resume a recente reviravolta no conhecimento da dor.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 3

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A percepção equivocada da dor nos tempos antigos (1630...) e não tão antigos (...2019).

Visualizar
A dor é estranha – Parte 4

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Explain Pain e as razões pelas quais deve-se trocar o termo “mensagens de dor” (que vão do local da lesão até o cérebro) por “MENSAGENS DE PERIGO”.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 5

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - O cérebro controla a dor, e será que nós podemos controlar o cérebro para assim aliviar a dor?

Visualizar
A dor é estranha – Parte 6

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Como convencer as pessoas que a dor vem do cérebro e não dos tecidos lesionados do corpo? Isso é vital porque enquanto elas estiverem convictas de que a dor emana de tecidos feridos e não do cérebro, a solução procurada será sempre repouso e analgésicos.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 7

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - Afinal, para que serve a um paciente com dor se informar e aprender sobre o que está acontecendo com ele nesse particular: a dor?

Visualizar
A dor é estranha – Parte 8

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A neurociência comprova que dor não é igual a dano. Você pode ganhar um bofetão de uma moça em privado ou em público, num dia de inverno ou de verão, e a moça pode ser uma desconhecida ou a mãe de seus filhos... e tudo isso influencia a intensidade da dor que você sente. Ou seja, a dor pode ficar desconectada da realidade física e psicológica.

Visualizar
A dor é estranha – Parte 9

Publicado em 09/09/2018. Autor(a/es): Paul Ingraham - A dor crônica sem causa específica é muito comum e as causas aventadas para explicá-la são incompreensíveis para o paciente típico (Genes, sensitização central...). Precisamos simplificar. O que é? Um meio simples, rápido e barato de os profissionais da saúde se valerem da internet para educar seus pacientes sobre a dor em geral, e a dor crônica especialmente, motivando-os a participar ativamente no seu controle.

Visualizar
A necessidade de um novo modelo médico: um desafio para a biomedicina – George L. Engel
Visualizar
O que é Dor? – Lorimer Moseley

Publicado em 20/05/2019 - Você quer participar da revolução que há em curso sobre o conhecimento da dor e (do) seu gerenciamento? Quer saber como esse fenômeno hipercomplexo começa a ser melhor entendido com ajuda da neurociência e da psicologia? E quer ao menos tentar entender por que essas novas propostas, mesmo sendo cientificamente fundamentadas, atualmente passam ao largo da prática clínica – leia-se, do que os profissionais da saúde oferecem a seus pacientes para aliviar as dores? Então, não perca este artigo de autoria do Prof. Lorimer Moseley, um dos cientistas especializados em dor mais citados no momento.

Visualizar
Desvendando barreiras para reconceitualização do problema na dor crônica

Publicado em 31/01/2019. Autor(a/es): Lorimer Moseley - Graças à neurociência hoje a dor e seu gerenciamento deveriam ser entendidos de maneira diferente a como era pouco tempo atrás. Este artigo averigua se isso é realidade.

Visualizar
Explicando a Dor: Notas do Curso

Publicado em 18/04/2019. Autor(a/es): Zac Cupples - Zac Cupples é um fisioterapeuta americano e Lorimer Moseley, neurocientista australiano especializado em dor, um dos seus ídolos. Após atender um curso de Moseley, Zac postou um resumo do que viu e ouviu. Eu achei ilustrativo do que está rolando na fisioterapia pelo mundo afora (China, inclusive), e que, aliás, parece estar passando ao largo de não poucos profissionais da saúde no Brasil.

Visualizar
Reconceitualização da dor de acordo com a moderna ciência da dor

Publicado em 15/11/2018. Autor(a/es): G. Lorimer Moseley - O autor deste artigo, atualmente um dos mais afamados cientistas especializados em dor, fala numa "Nova Neurociência da Dor". Será? Confira.

Visualizar

Artigos: Outros

Obesidade

A associação entre dor crônica e obesidade – Parte 1

Publicado em 16/07/2019. Autor(a/es): Akiko Okifuji e Bradford D Hare - Nos EUA a obesidade já é uma epidemia. O Brasil, pelo que se sabe, vai pelo mesmo caminho – 40% da população está acima do peso (dados do IBGE de 10 anos atrás). Obesidade e dor crônica ocorrem juntas com frequência e se influenciam negativamente. Contudo, a sua relação não é direta, mas é mediada por vários fatores. Tais fatores incluem mudanças biomecânicas/estruturais associadas à obesidade, mediadores inflamatórios, distúrbios do humor, problemas de sono e estilo de vida. Este artigo, que eu dividi em três partes devido a sua extensão, examina tudo isso no intuito de, no final das contas, destacar a perda de peso como fator de saúde pública. Leia aqui a PARTE 1.

Visualizar
A associação entre dor crônica e obesidade – Parte 2

Publicado em 23/07/2019. Autor(a/es): Akiko Okifuji e Bradford D Hare - Nos EUA a obesidade já é uma epidemia. O Brasil, pelo que se sabe, vai pelo mesmo caminho – 40% da população está acima do peso (dados do IBGE de 10 anos atrás). Obesidade e dor crônica ocorrem juntas com frequência e se influenciam negativamente. Contudo, a sua relação não é direta, mas é mediada por vários fatores. Tais fatores incluem mudanças biomecânicas/estruturais associadas à obesidade, mediadores inflamatórios, distúrbios do humor, problemas de sono e estilo de vida. Este artigo, que eu dividi em três partes devido a sua extensão, examina tudo isso no intuito de, no final das contas, destacar a perda de peso como fator de saúde pública. Leia aqui a PARTE 2.

Visualizar
A associação entre dor crônica e obesidade – Parte 3

Publicado em 25/07/2019. Autor(a/es): Akiko Okifuji e Bradford D Hare - Nos EUA a obesidade já é uma epidemia. O Brasil, pelo que se sabe, vai pelo mesmo caminho – 40% da população está acima do peso (dados do IBGE de 10 anos atrás). Obesidade e dor crônica ocorrem juntas com frequência e se influenciam negativamente. Contudo, a sua relação não é direta, mas é mediada por vários fatores. Tais fatores incluem mudanças biomecânicas/estruturais associadas à obesidade, mediadores inflamatórios, distúrbios do humor, problemas de sono e estilo de vida. Este artigo, que eu dividi em três partes devido a sua extensão, examina tudo isso no intuito de, no final das contas, destacar a perda de peso como fator de saúde pública. Leia aqui a PARTE 3.

Visualizar

Estresse

A destruição criativa do burnout medico

Publicado em 02/06/2019. Autor(a/es): Dyke Drummond, MD - Nessa semana soubemos que a Organização Mundial da Saúde reconheceu o burnout como uma “doença crônica”, ou como uma “condição médica”, tanto faz. Uma das profissões mais afetadas pelo burnout é a profissão médica. Veja aqui o que um médico comenta e propõe ao respeito. (E de passagem, se você for profissional da saúde clique aqui e conheça um aplicativo que irá lhe ajudar a refletir sobre o SEU estresse.)

Visualizar
Dor crônica: onde o corpo encontra o cérebro

Publicado em 05/09/2019. Autor(a/es): Leslie J. Crofford, MD - A dor crônica afeta e é afetada pelo “psicológico” do portador. Fornecer orientação no território emocional, comportamental, atitudinal etc., é definitivamente mais demorado do que pedir um teste ou escrever uma receita. Por isso, e por mais dezenas de outros motivos, os médicos no Brasil evitam fazê-lo. (Delegar para o psicólogo, é a praxe.) No entanto, não há tratamento para pacientes com dor crônica que faça uma diferença maior. Nesse artigo uma médica explica o porquê.

Visualizar
O estresse e seu impacto: tudo o que você acha que sabe e talvez ignore

Publicado em 07/11/2019 - O estresse crônico, sofrendo estressores por um período prolongado, pode resultar em uma drenagem prolongada do corpo. À medida que o sistema nervoso autônomo continua a desencadear reações físicas, causa desgaste no corpo. Não é tanto o que o estresse crônico faz com o sistema nervoso, mas o que a ativação contínua do sistema nervoso faz com outros sistemas corporais que se tornam problemáticos.

Visualizar