O paciente esperto - Parte 2

O paciente esperto - Parte 2

Você é do tipo independente? Ou prefere se colocar nas mãos de um profissional da saúde? Acredita mais em terapia física ou psicológica? Com base em critérios como esses classificamos 74 opções terapêuticas para você escolher.

“Ciência é a classificação sistemática da experiência.”

George Henry Lewes, filósofo
Num post anterior eu apresentei uma matriz para classificar as terapias destinadas a aliviar a dor crônica (musculoesquelética, preferencialmente). Nesse post vou classificar 74 delas. Se você não leu aquele post convém fazê-lo antes de continuar a leitura. Ele explica a lógica que há por trás da matriz.

Por falta de espaço a classificação é desdobrada em duas. Na primeira, as opções psicossociais, e na segunda, as opções biomédicas. Em ambas, cada terapia é representada por um número, tanto na matriz quanto na listagem respectiva.

Se clicar em cima de qualquer item na listagem aparecerá uma breve descrição da terapia em questão.

O posicionamento das bolinhas numeradas na matriz é dado pela sua equidistância com as duas dimensões que a conformam. Isso deve ser visto com alguma indulgência. Afinal, é uma decisão arbitrária baseada no que sei de cada terapia, que varia bastante. Se o caro leitor classificaria diferente, seja bem-vindo.

Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas


Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas

Veja outros posts relacionados...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *