Ortopedistas, fisiatras, fisioterapeutas... Atenção!

Ortopedistas, fisiatras, fisioterapeutas... Atenção!

Você é médico residente com interesse em recuperação musculoesquelética? Então preste atenção: você pode fazer história. (Não muita, mas alguma, o que não é pouco.) O Jogo Alívio é uma contribuição única e muito valiosa para rapidamente fazer chegar o tema DOR até profissionais da saúde e seus pacientes em todo o país. Veja como fazer parte desse movimento.

Nada é mais caro do que uma oportunidade perdida.

Jackson Brown Jr

Eu explico. O Jogo Alívio é um aplicativo que visa ensinar as pessoas – profissionais da saúde e pacientes leigos – a aprender sobre a dor e seu gerenciamento. Ele se apoia num banco de 2.500 afirmações sobre o tema, que o jogador avalia se Verdadeiras ou Falsas. Vence o jogo se acertar o suficiente e, de passagem, aprende um bocado. Eis o mecanismo central.

Nesse mês o Jogo ganha mais 600 afirmações sobre a DOR FEMININA. São 12 grupos que vão de dor pélvica à fibromialgia, passando por esclerose múltipla, Síndrome de Cólon Irritável e outras.

Boa parte dessas afirmações, acompanhadas de suas correspondentes explicações e referências científicas, foram elaboradas por uma dupla de médicos associados à Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto: Omero Osni e Áureo Gasparetto. Especialmente dor pélvica, endometriose, mastalgia (dores mamárias) e disminorréia (dor menstrual).

E como isso aconteceu? Simples. O Dr. Omero, uma referência nacional em dor pélvica e atualmente visitando centros científicos europeus (ex.: University of Oxford), se entusiasmou com o projeto e convidou um dos seus assistentes, o Áureo, a colaborar nele.

O resultado foi excelente e eu agora quero repetir a experiência para incorporar novos temas ao Jogo Alívio.

Ortopedia é a área da vez.

  • Se você for médico(a) residente com especialidade em recuperação musculoesquelética, ou fisioterapeuta experiente, me envie seus dados: nome, formação universitária, instituição onde trabalha, e-mail, whatsapp.
  • O projeto consiste em produzir 200 afirmações sobre ortopedia & DOR (acompanhadas das respectivas explicações e links/referências científicas).
  • A supervisão será do Lauro de Camargo, médico ortopedista formado pela Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, com atuação na área de cirurgia de joelho, medicina esportiva e dor crônica na área ortopédica, colaborador incondicional do blog.
  • Haverá uma bolsa de pesquisa de R$ 5 mil, que eu espero financiar com a venda de produtos do blog que estão a caminho. De qualquer maneira, com ou sem venda, a bolsa está garantida.
  • Os créditos pela colaboração serão devidamente registrados no próprio Jogo Alívio, uma oportunidade nada desprezível toda vez que este, após seis meses no ar, se encaminha para os 25 mil downloads.

“Se você quer ir rápido, vá sozinho. Se você quer ir longe, vá junto.”

Ditado Africano

Muito se fala sobre Educação em Dor no Brasil. Existe atividade acadêmica e de associações profissionais nesse sentido, mas os resultados pouco atingem o ambiente onde a dor deve ser tratada, o âmbito da relação médico-paciente. (Quem pensa o contrário e quiser me desancar pela minha insolência, o blog está de portas abertas para isso.)

Eu estou convicto de que o Jogo Alívio é uma contribuição única e muito valiosa para rapidamente fazer chegar o tema DOR & Cia até profissionais da saúde e seus pacientes em todo o país.

Por experiência própria eu sei que aprender sobre a dor crônica musculoesquelética pode ajudar a aliviá-la. Significativamente. Segundo pesquisas, a dor crônica em geral afeta 37% da população no Brasil.  E a dor lombar crônica, em particular, atinge ao menos um em cada quatro brasileiros.

Faça as contas e me diga se não importa progredir no conhecimento da dor crônica?

Que tal você fazer parte deste projeto? Lá do alto, Hipócrates agradece.

Veja outros posts relacionados...

nenhum

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *