Recursos para avaliação da dor

Recursos para avaliação da dor

RECURSOS DE AVALIAÇÃO PARA DIAGNÓSTICO BIOPSICOSOCIAL

Duas das melhores avaliações do gênero provém da União Europeia e da Austrália, respectivamente.

A primeira é a “Avaliação biopsicossocial clínica de pacientes com dor crônica para fins de fisioterapia”, de autoria de um grupo de pesquisadores preocupado em traduzir suas descobertas para o paciente. (Coisa rara, convenhamos.)

A segunda é “Diagnóstico, Gestão Classificatória da Dor Crônica Lombar”, de Peter O’Sullivan & Cia. O Professor O”Sullivan tem se notabilizado por desmistificar a crença de que a dor lombar crônica, a mais disseminada pelo mundo afora, deve-se a causas estruturais (e nada psicológicas). A partir daí, ele propõe um método fisioterápico baseado em ciência para abordar o problema.

Os profissionais de saúde precisam buscar qualquer causa de dor por meio de exame físico e testes diagnósticos enquanto avaliam concomitantemente o humor, medos, expectativas, esforços de enfrentamento, recursos, respostas de parceiro(a)s e o impacto da dor na vida dos pacientes. Em suma, o profissional de saúde deve avaliar a “pessoa inteira” e não apenas a dor. Neste artigo “Avaliação de Pacientes com Dor Crônica”, de autoria de dois pesquisadores de renome no campo da dor, foi possível destacar os componentes dessa avaliação.

QUESTIONÁRIOS DE AVALIAÇÃO DA DOR E EQUIVALENTES

Existe ao menos um questionário para cada aspecto, ângulo ou doença colateral da dor. Nesta seção o profissional da saúde pode escolher dentre numerosos questionários diferentes – alguns famosos, como o Questionário de Escala de Dor Catastrófica, o Índice de Deficiência Oswestry…– e outros nem tanto, porém igualmente úteis –  o Questionário de Autoeficácia em Dor, O Inventário Multidimensional da Dor West Haven Yale… Preenchidos pelos pacientes eles revelam desde o nível e a qualidade da própria dor, até presença de depressão, ansiedade, catastrofismo, medo da dor etc. O ganho maior, em todo caso, dá-se pelo lado da relação profissional da saúde/paciente, que sai fortalecida haja visto que um questionário bem preenchido é sempre um bom pretexto para uma longa conversa a dois.

Pré-Consulta “Avalie seu desconforto”

Você é profissional da saúde? Otimize a produtividade da consulta oferecida a quem o procura queixando-se de dor, convidando-o(a) – via internet – a preencher um breve Teste sobre esse seu desconforto. O preenchimento demora de 2 a 3 minutos e você pode receber a informação no seu e-mail, segundos depois.

Questionários